ÚLTIMO pagamento do auxílio emergencial acontece nesta quarta (27); quem tem direito?

Nesta quarta-feira (27), será liberado pela Caixa Econômica Federal o último pagamento do auxílio emergencial para aniversariantes de dezembro que não são do Bolsa Família. Os saques e transferências serão liberados para aqueles que já receberam os depósitos no aplicativo Caixa Tem nos dias 12 e 29 de dezembro.

ÚLTIMO pagamento do auxílio emergencial acontece nesta quarta (27); quem tem direito? (Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)
ÚLTIMO pagamento do auxílio emergencial acontece nesta quarta (27); quem tem direito? (Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

Os beneficiários têm 90 dias para movimentar, transferir ou sacar o auxílio emergencial recebido, contados a partir do depósito na poupança digital. Após o prazo, os recursos não utilizados voltam aos cofres do governo.

Depois do pagamento feito hoje, o calendário de saques organizado conforme o mês de aniversário de cada beneficiário termina oficialmente.

De acordo com o UOL, existe ainda um lote residual de pagamento para 196 mil pessoas que contestaram a suspensão ou a negativa do auxílio nos meses de novembro e dezembro.

Leia mais: Auxílio emergencial: Bolsonaro lamenta e diz que ‘não é aposentadoria’

O depósito está previsto para ser depositado nesta quarta-feira (28), com autorização imediata para saques e transferências.

Ainda segundo o portal, o governo não descarta a possibilidade de haver um novo auxílio emergencial neste ano, mas considera que a medida precisa ser compensada com corte de gastos públicos.

Quem tem direito ao último pagamento do benefício

O pagamento que será realizado nesta quarta é direcionado para aniversariantes do mês de dezembro que não estão inscritos no Bolsa Família. Este grupo recebeu o pagamento em ciclos, bem como os demais cadastrados no auxílio.

Na primeira, o dinheiro foi depositado na poupança digital, ficando disponível apenas para pagamentos e transações pelo aplicativo Caixa Tem. Na segunda etapa, como os pagamentos feitos hoje, o auxílio é liberado para saques e transferências.

Leia mais: Bolsonaro fala sobre expectativas para criação de novo partido até MARÇO

Auxílio emergencial em 2021

De acordo com o UOL, o ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a discursar nesta terça-feira (26) que ainda existe uma possibilidade do Governo recriar o auxílio emergencial caso a pandemia piore. E que a medida dependeria da redução de gastos do governo.

“Quer criar o auxílio emergencial de novo? Tem que ter muito cuidado, pensar bastante, porque, se fizer isso, não pode ter aumento automático de verbas para educação, para segurança pública… É uma guerra. Vê se teve aumento de salário durante a guerra (na história), vê se teve dinheiro para saúde, educação… Não tem”, disse.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.