Universidade Estadual da Bahia anuncia retorno gradual das atividades

Após quase sete meses de aulas suspensas, o Consu (Conselho Univeritário) da Uneb (Universidade do Estado da Bahia) aprovou a retomada das atividades acadêmicas de graduação e manutenção das atividades administrativas de forma remota; a expectativa é que as aulas comecem dentro de três semanas.

Universidade Estadual da Bahia anuncia retorno gradual das atividades (Raphael Muller/Agência A Tarde)
Universidade Estadual da Bahia anuncia retorno gradual das atividades (Raphael Muller/Agência A Tarde)

A decisão pelo retorno aconteceu após a divulgação da “Pesquisa Uneb 2020: Nós por Nós”, na última terça-feira (6); consulta, realizada entre os dias 20 de agosto e 18 de setembro com 1.741 docentes (84,2%), 14.512 estudantes (77,1%), 945 técnicos administrativos (77,1%) e 606 profissionais terceirizados.

Leia mais: IPTU 2021: Em Salvador, estabelecimentos com atividades hoteleiras terão direito a 40% de desconto

O estudo teve como objetivo levantar dados que embasassem estudos e proposições da administração universitária para as atividades, até que exista condição segura para retorno presencial frente à pandemia do novo coronavírus.
Apenas após a análise descritiva da pesquisa é que o Consepe (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão) vai determinar o calendário acadêmico, a estrutura de oferta do ensino remoto e os componentes curriculares; por parte das deliberações sobre os encaminhamentos acadêmicos.

Dados das pesquisas

Os membros da comunidade acadêmica responderam questões como as condições físicas, mentais e sociais dos integrantes da comunidade, conectividade, disponibilidade de aparelhos e propostas para o futuro próximo das atividades acadêmicas e administrativas na universidade.

De acordo com o portal A Tarde, os dados coletados apesentaram as seguintes porcentagens de respostas: estudantes (65%) e professores (62%) afirmaram que desejam retornar às atividades de ensino mediadas por tecnologia.
Já para 62% dos técnicos administrativos e 52% dos profissionais terceirizados, a universidade deve aguardar o fim da pandemia para retornar as atividades de forma presencial.

Tecnologia implementada para as aulas na Universidade

A Uneb informou ao portal que fará investimentos para aquisição e aluguel de equipamentos, contratação de dados móveis e na criação da bolsa conectividade para os estudantes. Bem como a implantação do Programa Interno de Apoio à EaD, criado pelo Consu no último dia 30 de setembro.

“Para o campo da infraestrutura tecnológica, está prevista a implantação de um ambiente para atividades acadêmicas remotas e EaD, a atualização da Plataforma Moodle, a aquisição de equipamentos para adaptação ao trabalho virtual home office e nas dependências da instituição, além da implementação da biblioteca virtual”.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.