Valor da aposentadoria e benefícios do INSS em 2021 terão AUMENTO; confira previsão

O salário mínimo e os benefícios do INSS sofrerão reajuste em 2021. Isso pode ser explicado pelo fato de que a intenção para projeção do piso salarial no próximo ano é de R$ 1.088 e, se o projeto for aprovado, cerca de 70% dos beneficiários da previdência terão os valores alterados em 2021.

Valor da aposentadoria e benefícios do INSS em 2021 terão AUMENTO; confira previsão
Valor da aposentadoria e benefícios do INSS em 2021 terão AUMENTO; confira previsão (Imagem: Montagem / Jornal O Norte)

Como os benefícios tem base no aumento do salário mínimo, contabiliza-se um reajuste em torno de 4,10%. Para que os valores do piso salarial nacional de fato entre em vigor, é necessária avaliação da inflação e das análises do tesouro nacional. Além disso, a aprovação do Congresso é imprescindível.

Pessoas que recebem além de um salário mínimo, estão inclusos em outras regras já que é usado o INPC como base para os cálculos do reajuste.

O Governo esperava um aumento de 4,10%, porém o percentual chegou bem próximo do esperado, contabilizando um valor de 3,93%. Porém, se até o final do ano a linha de crescimento continuar, é provável que os beneficiários que recebem além de um salário mínimo receberem um reajuste além de 4,20% no valor do benefício.

Leia mais: INSS: Justiça faz pagamento de R$1 BILHÃO em atrasados; saiba se VOCÊ recebe

O salário mínimo acrescido do piso do INSS comumente tem um aumento maior que o INPC. Além disso, é de responsabilidade do INPC a definição do percentual de reajuste do teto do INSS, que com o acréscimo em torno de 4,10% tem probabilidade de chegar um valor de R$ 6351,20.

A mudança no valor do piso salarial reflete não apenas para os benefícios pagos pela Previdência Social. O PIS, Programa de Integração Social e o Pasep, Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público também sofrerão reajuste.

Os fundos de contribuição podem ser depositados pelas empresas como no primeiro caso que é direcionado ao setor privado, já o Pasep é de responsabilidade de órgãos públicos realizarem o pagamento aos servidores.

Outro benefício que sofrerá mudanças é o seguro-desemprego. Este é um benefício regido por lei que garante assistência de um salário mínimo para pessoas que foram demitidas sem justa causa.

Ademais, trabalhadores libertos do regime de escravidão, afastados para realização de cursos profissionalizantes e os que desempenham atividades pesqueiras, também estão inclusos no benefício.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.