Veja quais são os projetos do governo para otimizar o tráfego urbano em Macapá-AP

Governo de Macapá precisa lançar projetos para otimizar o tráfego urbano na cidade, série de reportagens do Bom Dia Amazônia apontou os desafios devido à falta de planejamento em um trânsito que integre veículos, ciclistas e pedestres.

Veja quais são os projetos do governo para otimizar o tráfego urbano em Macapá-AP(Foto: Abinoan Santiago/Arquivo G1)
Veja quais são os projetos do governo para otimizar o tráfego urbano em Macapá-AP(Foto: Abinoan Santiago/Arquivo G1)

Nessa quarta-feira (16) o programa abordou as dificuldades que a administração pública municipal pode encontrar num novo plano diretor para uma mobilidade urbana mais eficiente. Governo precisa otimizar o tráfego urbano.

A grade faz parte da abordagem de grandes temas de campanha que serão desafios para o novo prefeito.

A mobilidade urbana é um dos componentes urbanos que podem a gerar problema pelo crescimento das cidades sem planejamento. Executar ações na cidade visando a sociedade local como um todo é importante para alcançar a todos.

Mais do que garantir espaços, é preciso garantir que a qualidade dos locais permaneça e fique acessíveis.

O especialista em conforto ambiental, Marcelle Vilar, disse ao Bom Dia Amazônia que o cidadão necessita ter o seu direito garantido no bairro.

“Precisa ter uma estrutura mínima garantida para que essa cidade tenha uso democrático, tenha relações equilibradas. Então precisa de faixa de pedestres, sinalização adequada, calçadas amplas com acessibilidade, piso tátil, coisas que a gente vê que ainda são carentes até mesmo no Centro da cidade”, citou.

Falta de atenção aos cadeirantes

Ao programa da filiada da Globo no Amazona, o aposentado Fernando Oliveira disse enfrentar calçadas desniveladas, que o fazem transitar pela rua junto com os carros. Por fazer uso de cadeira de rodas, Fernando critica a sarjeta que o impede de subir para um espaço com sombra enquanto aguarda os ônibus.

Falta de sinalização e cuidados para ciclistas

A educação no trânsito foi apontada pelo ciclista Maurício Guedes para um melhor convívio entre motoristas e ciclistas. Para tanto, ele destacou ao programa que é preciso o entendimento da bicicleta como um meio de transporte a partir de ações do poder público.

Leia mais: Prefeito de Macapá-AP decreta medida rígida para retomada das atividades comerciais

Não há ciclofaixas e ciclovias, as vias são poucos sinalizadas e a falta de estrutura aliada ao desrespeito pode gerar perigos aos transeuntes.

Fluxo de trânsito em Macapá

Segundo apuração do Bom Dia Amazônia, apesar dos investimentos em pavimentação de ruas e avenidas, os veículos enfrentam os impactos da falta de planejamento devido ao aumento da frota e o crescimento da cidade.

Para que os problemas de locomoção comecem a ser resolvidos na cidade, o arquiteto e urbanista Alberto Tostes aponta para um novo plano diretor com estratégias melhores definidas.

“O plano de mobilidade urbana deve considerar, na conjugação do planejamento, as melhores perspectivas de integração de todos os elementos da paisagem: o ciclista, o pedestre e os veículos”, disse ao G1.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.