Prefeito de Macapá-AP decreta medida rígida para retomada das atividades comerciais

Prefeito de Macapá anuncia novo decreto, agora tanto estacionamento quanto circulação de pessoas na orla estão proibidos entre 21h e 6h. Medida adotada pelo governo busca conter o avanço da COVID-19 na cidade.

Prefeito de Macapá-AP, Clécio Luís, decreta medida rígida para retomada das atividades comerciais
Prefeito de Macapá-AP, Clécio Luís, decreta medida rígida para retomada das atividades comerciais (Fonte:Google)

No último sábado,29, Clécio Luiz, prefeito de Macapá, assinou o decreto que restringe a circulação na orla da cidade. A medida foi tomada por dois motivos, conter a propagação do vírus, além disso, respeitar as pessoas enlutadas ou que estão em recuperação.

“É uma medida restritiva focada no ponto onde realmente está dando problema. Fizemos uma avaliação nos últimos dias e constatamos que são pessoas que se dirigem ao local, causando aglomeração, sem usar máscara, sem nenhum tipo de cuidado e total desrespeito à legislação e à memória da tragédia”. Afirmou o prefeito.

Macapá na 6ª Etapa

A primeira fase da retomada das atividades aconteceu em junho, por meio de Decreto Oficial.  O novo decreto dá início a 6ª etapa da retomada das atividades econômicas e sociais no município.

Quanto ao estacionamento na orla, há um horário definido em que ele é permitido, das 21h até 6h. Essa regra vale para as seguintes ruas e avenidas:

  • Rua Beira Rio, entre complexo do Araxá e Avenida Rio Matapi;
  • Avenida Coaracy Nunes, entre as ruas Cândido Mendes e Binga Uchôa;
  • Rua Mendonça Junior, entre as avenidas Azarias Neto e Binga Uchôa;
  • Rua Azarias Neto, entre as avenidas Mendonça Junior e Presidente Vargas

A restrição na circulação nesses locais foi, então, justificada pelo prefeito como resultado da observação da aglomeração de pessoas nesses horários e locais.

Leia mais: Macapá libera a abertura de shoppings durante a nova fase da flexibilização do comércio

Medidas tomadas pela prefeitura

Nesse mesmo decreto, a prefeitura continua apresentando com as medidas para evitar a aglomeração em espaços públicos de toda a cidade:

  • Crianças menores de dois anos estão proibidas de entrar em lojas, bares e supermercados. Apenas têm autorização de frequentar restaurantes, lanchonetes, sorveterias, templos, igrejas;
  • Continua a limitação de acesso aos supermercados, atacadistas, miniboxes, ou seja, apenas uma pessoa por família pode entrar nesses ambientes;
  • Permanece a obrigatoriedade do uso de máscara, com aplicação de multa a quem descumprir.

As próximas semanas devem ser de avaliação, segundo o prefeito de Macapá.

“Portanto, teremos mais duas semanas de avaliação e espero contar com a contribuição de todos, como venho tendo da maioria da população, porque é para o bem de todos”. Conclui.

Facebook Comments

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do jornal O Norte.