Amapá amplia número de fiéis em igrejas e horário de toque de recolher

Novo decreto no Amapá altera o toque de recolher para às 1h30, além disso, aumenta o número de fiéis nos templos. As mudanças são resultado da melhora do quadro da pandemia no estado!

Amapá amplia número de fiéis em igrejas e muda horário de toque de recolher
Amapá amplia número de fiéis em igrejas e muda horário de toque de recolher (Imagem/Reprodução: Maksuel Martins/Governo do Amapá)

Novo decreto publicado no Diário Oficial do Estado pelo Governo do Amapá altera, ainda que pouco, as medidas restritivas no estado.

As mudanças começaram a ser aplicadas ontem e são válidas até 30 de agosto, quando acontece uma nova análise da situação.

Durante entrevista ao JAP1, o governador Waldez Góes falou sobre a nova flexibilização e a situação do estado no enfrentamento da pandemia.

“O relatório epidemiológico traz melhorias na questão da transmissão viral, então nós diminuímos o índice para 0.9, o menor de todo o período de pandemia. Isso impacta positivamente nos outros indicadores: diminuímos em 40% o número de casos e aí diminui internação, óbitos. Foi um relatório positivo, para melhor”, afirmou ele.

Flexibilização no Amapá

Veja abaixo as medidas de flexibilização, novas e antigas:

  • As igrejas podem receber até 400 pessoas, desde que não ultrapasse o limite de ocupação de 60%.
  • O toque de recolher passar a valer das 1h30 até 5h.
  • Escolas de dança, academias, ginásios, quadras e estabelecimentos de prática esportiva funcionam até 23h.
  • Os eventos podem acontecer entre 7h às 23h30, desde que respeitando limite de 200 pessoas.
  • Eventos corporativos podem receber até 300 pessoas e no mesmo horário dos demais eventos.
  • Os eventos podem ter até cinco artistas ao vivo.
  • Supermercados podem funcionar das 7h às 22h.
  • O ecoturismo está liberado para grupos de até 40 pessoas.

Leia mais: MP no Amapá descobre irregularidades em hospital Mãe Luzia

Covid-19 no AP

De acordo com o último boletim divulgado ontem, o estado registrou 1.941 mortes, 122.080 infectados, e 106.638 pessoas recuperadas.

Além disso, 58 pessoas estão internadas, entre enfermaria e UTI, se recuperando da doença.

Por outro lado, a aplicação das vacinas no estado tem aumentado bastante, 62,69% da população já recebeu a primeira dose e 19,81% a segunda ou a dose única.

Continue acompanhando O Norte e fique bem informado.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do Jornal O Norte.