Pesquisa para prefeito de Feira de Santana-BA: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições

A corrida eleitoral está acirrada em Feira de Santana. Ao todo, 10 candidatos concorrem ao cargo de prefeito da cidade. Um levantamento da Potencial Pesquisa, encomendado por A Tarde, aponta empate técnico entre o deputado federal Zé Neto (PT) e o atual prefeito Colbert Martins (MDB). Confira os percentuais nestas eleições.

Pesquisa para prefeito de Feira de Santana-BA: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições
Pesquisa para prefeito de Feira de Santana-BA: Veja quem é o candidato FAVORITO das eleições. (Imagem: Divulgação)

Veja os candidatos favoritos em Feira de Santana nestas eleições

  • Zé Neto (PT): 29% das intenções de voto
  • Colbert Martins (MDB): 22%
  • Carlos Geilson (Podemos): 9%
  • Beto Tourinho (PSB): 5%
  • Carlos Medeiros (Novo), José de Atimateia (PRB) e Dayane Pimentel (PSL): 2%
  • Marcela Prest (PSOL): 1%

Outros 11% ainda não sabem em quem votar e 1% não quis responder. Os que pretendem branco ou nulo somam 16%. No atual cenário, Feira poderia voltar a ter um segundo turno depois de 24 anos.

A pesquisa também levantou os percentuais de rejeição dos candidatos. Colbert tem a segunda pior rejeição, sendo que 54% dos entrevistados disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Arimateia é o mais rejeitado, com índice de 59%. Geilson e Dayane têm 52%. Zé Neto tem a menor rejeição entre os postulantes, 39%.

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre o interesse em ir às urnas. Perguntados se iriam ao local de votação se as eleições fosse hoje, 74% disseram que sim, 19% disseram que não e 7% não responderam. Na última eleição municipal, o índice de abstenção foi de 17%.

Leia mais: IPTU 2021: Candidata à prefeitura de Salvador promete redução de valor do imposto

Este ano, a possibilidade de abstenções é ainda maior por causa da pandemia do novo coronavírus, segundo o cientista político Cláudio André de Souza. Para ele, a Justiça Eleitoral precisa apresentar um protocolo de segurança com medidas eficazes, caso contrário uma parcela da sociedade pode escolher ficar em casa nos dias de votação.

O levantamento ouviu 600 pessoas por telefone e foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O nível de confiança é de 95% e margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

A amostra de eleitores de Feira de Santana foi selecionada com base em cinco Regiões Administrativas (RAs) e distritos, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a quantidade de pessoas aptas a votar. O número de entrevistas foi proporcional ao tamanho de cada estrato.

 

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.