Amapá define data da chamada escolar para matrícula na rede pública em 2021

O Governo do Amapá divulgou os prazos para a Chamada Escolar do ano letivo de 2021. Os responsáveis pelos alunos precisam declarar interesse nas vagas entre os dias 4 de janeiro e 5 de fevereiro pela internet ou presencialmente nas escolas da zona rural. O processo tem o intuito de identificar a demanda de estudantes que precisam de vagas nas redes públicas estadual e municipal.

Amapá define data da chamada escolar para matrícula na rede pública em 2021
Amapá define data da chamada escolar para matrícula na rede pública em 2021 (Imagem: Reprodução / Google)

A chamada é realizada anualmente e considerada pré-requisito para a matrícula, que ocorre posteriormente. Estudantes da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio precisam realizar o processo, assim como interessados em estudar na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Como fazer o cadastro escolar no Amapá

O cadastro na Chamada Escolar poderá ser feito pelo site criado especificamente para este processo. Quem não tem acesso à internet, poderá comparecer às escolas estaduais e municipais da zona rural para o cadastramento.

O formulário estará disponível para preenchimento e deverá ser entregue junto aos documentos exigidos pela Secretaria de Estado da Educação (Seed).

As unidades localizadas na zona rural disponibilizarão álcool 70% e estarão organizadas para manter o distanciamento social e a higienização dos locais. A orientação é que o responsável legal ou aluno maior de 18 anos leve sua própria caneta para preenchimento dos dados.

Leia mais: CadÚnico libera acesso a MAIS de 20 programas sociais em 2021; cadastre-se

A documentação exigida para os estudantes será certidão de nascimento; CPF; carteira do SUS e e-mail (quando maior de idade). O responsável precisará entregar RG; CPF; comprovante de residência e informar um e-mail. O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), assinou em novembro um decreto sobre a retomada gradual das aulas presenciais no estado.

O retorno foi confirmado somente no ano letivo de 2021 para as redes pública e particular. O Comitê Gestor Institucional fará a consolidação dos dados da Chamada Escolar 2021 até o dia 30 de janeiro de 2021.

Por enquanto, os estudantes têm aulas remotas, transmitidas pela internet, em razão da pandemia do novo coronavírus e da suspensão das atividades presenciais, que já dura nove meses.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.