Auxílio emergencial: 4ª parcela começa a ser paga nesta segunda (20)

O pagamento da quarta parcela do Auxílio Emergencial começa na próxima segunda-feira (20) para beneficiários do Bolsa Família. O calendário é diferente dos demais trabalhadores inscritos e considera o Número de Identificação Social (NIS). Quem recebe Bolsa Família tem direito a mais duas parcelas de R$ 600.

Auxílio emergencial: 4ª parcela começa a ser paga nesta segunda (20)
Auxílio emergencial: 4ª parcela começa a ser paga nesta segunda (20). (Imagem: Google)

O Ministério da Cidadania informou que o pagamento seguirá normalmente, assim como foi para as parcelas anteriores.

Não haverá mudanças no calendário e na forma de recebimento. Os 19,2 milhões de beneficiários do programa com direito ao auxílio receberam três parcelas, de acordo com o órgão, sendo que a última foi paga até dia 30 de junho.

Auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Quem tem número do NIS terminado em 1 receberá o pagamento da quarta parcela em 20 de julho; terminado em 2, em 21 de julho; terminado em 3, em 22 de julho e assim sucessivamente até 31 de julho, para beneficiários com número do NIS terminado em 0. A quinta parcela será paga entre 18 e 31 de agosto.

O calendário da quarta parcela para os cadastrados pelo aplicativo e site do Auxílio ainda não foi divulgado. O pagamento por mais dois meses foi anunciado pelo ministro da Economia Paulo Guedes no dia 30 de junho. A proposta é que sejam pagas mais quatro parcelas em dois meses, sendo R$ 600 por mês e totalizando R$ 1,2 mil.

Leia mais: Banco Mundial alerta para possibilidade de auxílio emergencial ser permanente

Estes pagamentos serão feitos de forma escalonada: R$ 500 no início do mês; R$ 100 no fim do mês; R$ 300 no início do mês e R$ 300 no fim do mês.

O calendário de saques para beneficiários do lote 1 (terceira parcela), lote 2 (segunda parcela) e lote 4 (primeira parcela), conforma a data de aniversário, começa amanhã (18). Ao todo, são 40,4 milhões de trabalhadores, que já receberam o auxílio pela poupança social digital da Caixa. Na plataforma, é possível pagar contas e fazer compras por meio do aplicativo Caixa Tem.

Os pagamentos seguem três calendários diferentes: para beneficiários do Bolsa Família; para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e para mulheres chefes de família e para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial. As datas estão disponíveis no site do programa.

Facebook Comments

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.