Baía Formosa inicia vacinação de pessoas a partir de 18 anos

Cidade potiguar, Baía Formosa inicia vacinação de pessoas a partir de 18 anos. O avanço faz parte do plano de imunização do estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste brasileiro. Agora, jovens potiguaras podem receber a primeira dose do imunizante, em postos de vacinação disponíveis na região.

Baía Formosa inicia vacinação pessoas a partir de 18 anos
Baía Formosa inicia vacinação pessoas a partir de 18 anos (Foto: Reprodução Google)

O município de Baía Formosa, localizado no litoral sul do Rio Grande do Norte, avança na corrida da vacinação e agora pessoas com 18 anos ou mais devem receber a primeira dose do imunizante. 

Atualmente, a cidade conta com aproximadamente 9.322 habitantes, e por isso, a cidade deve acelerar ainda mais na imunização da população potiguar. Como em todos os estados brasileiros, a vacinação depende da quantidade de doses que são enviadas para cada município.

A capital Natal, por exemplo, iniciou nesta quarta-feira (4) a imunização de pessoas que estão na faixa etária dos 28 anos. 

Natal conta com mais de 30 salas de vacina espalhadas pela capital. Para receber a dose do imunizante, o cidadão potiguar deve apresentar um documento com foto, comprovante de residência, cartão de vacinação do SUS e o cadastro no RN Mais Vacina, que pode ser feito pela internet.

Leia mais: Macapá libera bares e restaurantes, e shows apenas para vacinados

Lotes de imunizantes no estado

Espera-se que na próxima quinta-feira (5), cerca de 38.610 mil doses do imunizante Pfizer chegue ao estado do Rio Grande do Norte. Todas as unidades serão destinadas para a primeira dose da vacinação, o que deve ampliar as faixas etárias na região. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), as vacinas devem sair da  Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) para serem distribuídas aos pontos de vacinação espalhados em todo o estado, inclusive no município de Baía Formosa.

Assim, a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap), chega ao número de  2,8 milhões de doses recebidas de vacinas contra a Covid-19. O estado conta também com a plataforma RN Mais Vacina, que contabiliza a quantidade de pessoas que foram vacinas com a primeira dose e as que completaram o protocolo de imunização com a segunda.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.