II Olimpíada de Inglês 2020 anuncia VAGAS abertas; inscrições são online

A Segunda Olimpíada de Inglês 2020 está com vagas abertas até o dia 31 de outubro, o objetivo do evento é estimular docentes e alunos a praticarem a língua inglesa nas escolas públicas e privadas do país, as inscrições são feitas online.

II Olimpíada de Inglês 2020 anuncia VAGAS abertas; inscrições são online (Foto: Reprodução/Google)
II Olimpíada de Inglês 2020 anuncia VAGAS abertas; inscrições são online (Foto: Reprodução/Google)

A Olimpíada tem caráter nacional e é realizada pela Embaixada e dos Consulados dos EUA no Brasil em parceria com o Regional English Language Office (Relo).

O evento é um concurso cultural que visa ensinar a língua inglesa com tecnologias inseridas no cotidiano dos alunos que estão em atividade escolar.

Leia mais: Empresa de tecnologia abre vagas em todo o país; confira áreas

Os cadastrados interagem em inglês via inteligência artificial integrada ao WhatsApp por meio da ferramenta digital Chatclass. Os alunos são estimulados a realizarem atividades dinâmicas ao treinarem a fala, escrita, leitura e escuta.


Os inscritos mais bem colocados no ranking nacional serão premiados em diversas categorias.  O evento é gratuito e será estendido de 1 a 31 de outubro.

Como participar das vagas

Os interessados precisam atender a alguns critérios para efetuar a participação. Os alunos devem ser matriculados e estarem cursando o Ensino Fundamental II – do 6° ao 9° ano – ou Ensino Médio e efetuar o cadastro na plataforma da Olimpíada.

Para efetuar inscrições, obter mais informações ou consultar regulamento, deve-se acessar o site https://www.olimpiadadeingles.com/

Sobre a competição

A competição na Olimpíada terá fase única, os alunos receberão novos exercícios diariamente por meio do Chatclass, valendo pontos.

Os docentes poderão acompanhar o desenvolvimento dos alunos nas suas turmas por meio da ferramenta de inglês do WhatsApp.

Sobre o Chatclass

A Chatclass a ferramenta de aprendizagem utilizada pela organização que funciona no WhatsApp de forma gratuita.
De acordo com o portal Notícias do Acre, foi fundada em Nova York em 2014 pelo empreendedor alemão Jan Krutzinna, visando democratizar o ensino bilíngue por meio de tecnologias já inseridas no cotidiano dos alunos.

O dispositivo tem a função de possibilitar o Intercâmbio em Sala de Aula, conectando professores, alunos e tutores estrangeiros. Estimulando a prática do inglês por meio da fala.

Ainda com informações do Notícias do Acre, a ferramenta há impactou mais de 200 mil alunos de escolas públicas e particulares de todo o Brasil.

Foi selecionada por programas como Seed-MG, Estação Hack do Facebook e Google Campus, e recebeu investimentos da Canary e Graph Ventures.


Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.