Bolsa Família em 2021 vai reunir novas regras, aumento do pagamento e bonificação EXTRA

Para 2021, é previsto que o Bolsa Família tenha novos recursos no benefício. O Governo Federal pontuou a necessidade de turbinar a renda de assistência para as famílias brasileiras. O Bolsa Família é um benefício de assistência social oferecido as famílias de baixa renda desde o governo Lula.

Bolsa Família em 2021 vai reunir novas regras, aumento do pagamento e bonificação EXTRA
Bolsa Família em 2021 vai reunir novas regras, aumento do pagamento e bonificação EXTRA (Imagem: Jornal O Norte)

Em 2020, o presidente Jair Bolsonaro afirmou várias vezes que o Bolsa Família seria extinto e que haveriam novas propostas de auxílio.

Porém, com faltas de recursos para financiar projetos como o Renda Cidadã, a ação foi interrompida e o Bolsa Família deve continuar no ano que vem.

Ainda é possível que o Renda Cidadã entre em vigor, e que o auxílio emergencial seja prorrogado se houver uma nova onda de Covid-19 no país, mas, não há certeza.

Em razão disso, o Governo Federal falou sobre a possibilidade de trazer novos recursos para o programa já existente.

Bonificações do Bolsa Família em 2021

As famílias que lidam com a extrema pobreza, pobreza, e vivem de renda baixa podem contar com alguns bônus extras, como;

  • Um auxílio creche mensal de R$ 52 por criança;
  • Um prêmio anual de R$ 200 para os melhores estudantes;
  • Uma bolsa mensal de R$ 100, mais um prêmio anual de R$ 1 mil para alunos destaques em ciência e tecnologia;
  • Uma bolsa mensal de R$ 100, mais um prêmio anual de R$ 1 mil para alunos que se destacarem em atividades esportivas.

Para aumentar os benefícios, os projetos devem ser divididos para um investimento de milhões;

  • R$ 5,1 bilhões para o auxílio creche, que seria pago para 8 milhões de crianças;
  • Orçamento total de R$ 34,4 bilhões para o Bolsa Família, que atenderia 14,5 milhões de famílias, alcançando 44,2 milhões de pessoas e garantindo um benefício médio de R$ 202.

Leia mais: Bolsa Família 2021: Veja como receber até R$1 MIL reais com o novo programa do Governo

Os benefícios em 2021

Com novas perspectivas para a inflação no ano que vem, muitas coisas podem ser apertadas. O salário mínimo deve aumentar para acompanhar o processo de crise que o Brasil se encontra.

E o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que não possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial, e afirma que o Bolsa Família deve continuar em vigor com outras formas de subsídios;

“Sei que os R$ 600 são pouco para quem recebe, mas é muito para o Brasil, dá R$ 50 bilhões por mês. Tem que ter responsabilidade para usar a caneta Bic aí. Não dá para viver, ficar muito tempo mais com este auxílio porque, realmente, o endividamento nosso é monstruoso”, disse.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.