Caixa libera mais uma linha de crédito para micro e pequenas empresas

Durante a pandemia do coronavírus, a Caixa Econômica já disponibilizou R$ 25 bilhões nas principais linhas de créditos para as micro e pequenas empresas, ao total a cerca de 200 mil empresas já fecharam contrato usando a linha de crédito.

Caixa libera mais uma linha de crédito para micro e pequenas empresas
Caixa libera mais uma linha de crédito para micro e pequenas empresas (Imagem: Reprodução Sebrae/SC)

Como contratar

As principais linhas de créditos disponibilizadas pelo banco da Caixa são: Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe),Fundo Garantidor para Investimentos (FGI) e Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe) uma parceria com o Sebrae.

Os donos das micro e pequenas empresas interessados em contratar alguma linha de crédito, podem acessar o site e preencher o formulário. Segundo a Caixa, apenas a Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) não está mais disponível, pois, ela já teve o seu limite atingido.

Leia mais: Alta do aluguel! Pesquisa registra aumento de 2,92% nos preços

Linhas de crédito da Caixa

Todas as linhas de crédito são oferecidas pela Caixa. O programa foi instituído pela Lei nº 13.999, de 18 de maio de 2020 e tem por objetivo garantir recursos para o estímulo e fortalecimento dos pequenos negócios, além de manter os empregos, já que essa é uma das exigências para que a empresa possa contratar o crédito.

Microempresas e Empresas de Pequeno Porte- PRONAMPE: está disponível para as micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões (quatro milhões e oitocentos mil reais), considerando a receita bruta apurada no exercício de 2019.

Fundo Garantidor para Investimentos- FGI: o girocaixa FGI destina-se às empresas com faturamento anual superior a R$ 360 mil, e igual ou inferior a R$ 30 milhões, considerando a receita bruta apurada no exercício de 2019.

Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas- FAMPE: para empresas com faturamento anual de até R$ 4.8 milhões, a parceria CAIXA e Sebrae oferece o capital de giro por meio do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), que garante 80% de crédito. As taxas variam entre 1,19% a.m a 1,59% a.m, dependendo do tamanho da sua empresa, com uma carência de até 12 meses para começar a pagar. Antes de solicitar o crédito, é necessário realizar o plano de capacitação do SEBRAE. A CAIXA não solicita depósito para aprovação de cadastro ou de análise de crédito.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.