Comuns no Estado nesta época do ano, queimadas são gatilhos para piora de problemas respiratórios

As frequentes queimadas e o tempo seco no Tocantins contribuem para o aumento dos problemas respiratórios ou o desencadeamento de crises respiratórias nos pacientes com problemas crônicos. A fumaça de uma queimada é um elemento tóxico porque tem uma mistura de compostos químicos que invadem nosso corpo.“São partículas de vários tamanhos, as maiores são filtradas pelo nariz, pelas vibrissas, que são os pelos na entrada do nariz e pela mucosa que reveste o nariz, mas as partículas menores alcançam os alvéolos pulmonares e corrente sanguínea”, considera o médico otorrinolaringologista, Daniel Nunes. ConsequênciasSegundo Daniel, a lista de problemas provocados pela inalação da fumaça de queimadas é enorme. São consequências como dor e ardência na garganta, rouquidão, dor de cabeça, tosse seca, cansaço, falta de ar, dificuldade para respirar, vermelhidão nos olhos e lacrimejamento.O otorrino destaca que alguns casos podem responder de forma mais graves. “Isso depende do tempo em contato com a fumaça e do histórico da paciente. A fumaça pode causar o agravamento dos quadros das pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus, quadros de rinite, asma, bronquite e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica”.CuidadosGeralmente, crianças e idosos são mais sensíveis e sofrem mais nessa época do ano. Por isso, os cuidados são fundamentais. “Mantenha uma boa hidratação, principalmente, idosos maiores de 65 anos e crianças menores de 5 anos.  Os ambientes em casa deve estar umidificados. Hidratar as vias respiratórias também ajuda bastante. E, sempre que avistar uma queimada, se mantenha longe ou tente sair das proximidades do foco de incêndio para não inalar fumaça”, finaliza. DenúnciasEm Araguaína, a legislação proíbe as queimadas nas vias públicas e imóveis urbanos, públicos ou particulares, além da queimada em terrenos marginais de rodovias, rios, de lagos ou de matas de quaisquer espécies. A denúncia pode ser feita para a Secretaria Municipal do Meio Ambiente por telefone. (AI Singular)

Fonte: Conexão Tocantins