Conheça o programa ‘Salvador por Todos’ e veja quem tem direito ao beneficio de R$270

Projeto de Lei enviado pelo prefeito de Salvador, prevê a prorrogação do auxílio de R$270 acessível para pessoas em situação de rua.

Conheça o programa 'Salvador por Todos' e veja quem tem direito ao beneficio de R$270
Conheça o programa ‘Salvador por Todos’ e veja quem tem direito ao beneficio de R$270 (Imagem: Max Haack /Agecom /PMS)

O prefeito da capital baiana, Antônio Carlos Magalhães Neto divulgou nesta terça-feira (15) em entrevista virtual, que está sendo projetada a lei que prorroga o programa Salvador por Todos, onde cestas básicas são distribuídas e uma valor de R$270 para os beneficiários.

O programa que estava previsto para encerrar no final deste mês, será estendido até dezembro e agora conta com mais três (3) meses de parcelas e benefícios. Além disso, o atual prefeito deixa em aberto para que o próximo prefeito elegido nas eleições de 2020 possa estender as parcelas para a população carente.

O auxílio foi gerado em detrimento da pandemia do Corona Vírus, que afetou a condição de vida, principalmente de pessoas em situação de vulnerabilidade.

Leia mais: Eleições 2020: ESTES são os candidatos confirmados à prefeitura de Salvador-BA

O prefeito pontuou ainda que mesmo com alguns setores retornando a ativa, a crise econômica continua existindo, e muitas pessoas ainda não conseguiram voltar a sua renda de antes da pandemia.

Quem recebe o auxílio “Salvador por Todos”

A prorrogação do beneficio prevê não excluir os trabalhadores que já estão recebendo o auxilio. E ainda para as pessoas vulneráveis em situação de rua, o prefeito organizou uma modificação para que os mesmos que estavam recebendo as alimentações diariamente, também possuam o beneficio o valor estimado.

O prefeito ressaltou também que as distribuições dessas refeições serão desativadas, para que as pessoas sejam transferidas e inscritas no programa Salvador por Todos, onde terá o cadastro para o acesso ao benéfico e também as alimentações. ACM Neto pontua que a pandemia levou muitas pessoas a rua, pois não tiveram condições de manter uma casa.

Com isso, o valor previsto de investimento pela prefeitura é de aproximadamente R$5 milhões por mês até o fim deste ano, totalizando um valor de R$15 milhões. Para as cestas básicas, são investidos R$2,4 milhões, dividindo R$800 mil por mês.

Em abril o programa Salvador por Todos, já beneficiava mais 12 mil pessoas necessitadas.

Facebook Comments

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.