Conheça o projeto que quer levar internet gratuita às praças do Piauí

O programa Piauí Conectado foi implementado há 15 meses no estado, com a promessa de inclusão digital, permitindo a implantação de pontos de acesso ao público (PAP) em praças e locais para que a população possa usufruir de internet gratuita. Na manhã desta terça-feira (06), o governador Wellington Dias, do PT (Partido dos Trabalhadores), participou da entrega da primeira fase da Parceria Público Privada (PPP).

Conheça o projeto que quer levar internet gratuita às praças de Piauí (Foto: Reprodução/Governo do Estado do Piauí)
Conheça o projeto que quer levar internet gratuita às praças de Piauí (Foto: Reprodução/Governo do Estado do Piauí)

Agora, o governador afirmou que o programa deve se estender das praças públicas para acesso ao público em estabelecimentos, como comércios e residências. De acordo com o portal Cidade Verde, Wellington Dias declarou que o comércio e as residências das pessoas fazem parte do próximo passo:

“Assim como passa uma rede de energia e de vai para sua casa, também, a conectividade agora vai chegar na casa de cada um. Em cada comércio e empreendimento. A conectividade gratuita é apenas a que estabelecemos nas praças. É uma contrapartida social do projeto. É claro que para chegar no comércio ou na casa a pessoa vai pagar. Mas vai pagar um valor muito mais baixo do que paga hoje”.

Cerca de 101 municípios já foram incluídos no programa, o objetivo do governo é o acesso chegue aos 224 municípios do Piauí na próxima etapa. Na primeira fase, foram investidos R$ 100 milhões, segundo publicou o portal.

Leia mais: Eleições 2020: Conheça o projeto de governo dos candidatos a prefeito de Teresina-PI

“São 96 municípios que fazem o cinturão digital no Piauí. Passamos a alcançar no mínimo 10 megabytes, chegando a 40 megabyte. Daremos um passo novo que é alcançar os 123 municípios que faltam. Com mais esses cinco, completa todos os municípios do Piauí”, destacou o governador ao portal.

Wellington Dias afirmou ao Cidade Verde que o projeto é econômico para os custos com internet nos órgãos públicos. Ele disse que o estado comprava um ponto de comunicação por R$ 9 mil, com apenas 1 gigabyte. Agora, é pago cerca de 100 vezes menos o valor do gigabyte.

Parceria internacional no Piauí

O projeto Piauí Conectado é realizado em parceria com empresas dos Estados Unidos e China, já tendo sido investido 100 milhões de reais. O petista espera que o modelo seja levado a outros estados da região, por meio do Consórcio Nordeste.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.