DPVAT: Indenizações devem ser pagas pelo Caixa TEM; saiba como usar

Condutores que necessitarem de atendimento pelo DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) em decorrência de acidentes no trânsito serão indenizados pelo Caixa Tem, aplicativo do novo gestor do seguro, a Caixa Econômica Federal. 

DPVAT: Indenizações devem ser pagas pelo Caixa TEM; saiba como usar (Imagem: Reprodução/Google)
DPVAT: Indenizações devem ser pagas pelo Caixa TEM; saiba como usar (Imagem: Reprodução/Google)

Sendo a atual gestora do DPVAT após a saída da Seguradora Líder, a Caixa Econômica Federal irá pagar as indenizações aos segurados por meio de banco digital. A instituição financeira está à frente do pagamento dos seguros desde o dia 1º de janeiro de 2021, quando passou a receber os avisos de sinistros.

A previsão, a partir da data do anúncio feito pela Caixa, é que o próprio aplicativo do DPVAT passasse a funcionar em duas semanas.

Para a superintendente da Susep (Superintendência de Seguros Privados), Solange Vieira, a estimativa é de que os pedidos de indenizações possam chegar a 600 mil ao longo de 2021.

Leia mais: IPVA, DPVat e licenciamento: Saiba como regular seu carro em 2021

“O prêmio do seguro [valor cobrado] desse ano é zero, pois há uma sobra de anos anteriores quando o contribuinte pagou a maior. Estamos usando essa sobra. Para o ano que vem, queremos discutir uma nova política com o Congresso [para o DPVAT]. O governo deve estar enviando ao Congresso [a proposta] no primeiro semestre deste ano”, afirmou.

A Caixa Econômica Federal lançou uma página sobre o DPVAT para tirar dúvidas dos beneficiários, bem como o telefone 0800 726 0207.

Como funcionará o DPVAT pelo aplicativo da Caixa Tem

As solicitações de indenizações já podem ser feitas nas agências da Caixa, estando disponível desde o dia 18 de janeiro. Com o app do DPVAT, será possível ainda fazer o “upload” dos documentos e o acompanhamento da solicitação de indenização.

Sendo o Caixa Tem um aplicativo que já é utilizado por brasileiros que possuem cadastro em programas de benefícios sociais, contas serão abertas de graça pela Caixa Econômica para os cidadãos que não possuírem contas.

“Quem não tiver, abriremos a conta de graça. É um benefício em especial às pessoas mais humildes, tirando atravessadores e intermediários (…) Os atravessadores cobravam um percentual muito grande das indenizações [do DPVAT]”, disse o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.