Economia: Bahia lidera na produção de energia eólica do Brasil

A Bahia, no Nordeste do Brasil, possui muito mais do que belezas naturais. Se destaca também na economia, através da produção de energia eólica e solar.

Economia: Bahia lidera na produção de energia eólica do Brasil
Economia: Bahia lidera na produção de energia eólica do Brasil. (Imagem: Google).

O Estado possui mais seis parques eólicos que entraram em operação no primeiro semestre de 2020 e dessa forma promete movimentar ainda mais a economia local.

Os equipamentos ficam nos municípios de Pindaí, região Sudoeste e Campo Formoso, região Norte. Segundo a Secretaria de Infraestrutura da Bahia, o Estado lidera a produção de energia eólica e solar no país. Produziu de janeiro a maio deste ano 31,8% do total de força dos ventos gerados em todo Brasil.

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, essa quantidade é capaz de produzir energia para 8,3 milhões de casas foram gerados 4.750.311 MWh.

Devido aos novos equipamentos o número de parques eólicos também aumentou. Agora são 171 locais em funcionamento distribuídos em 20 municípios.

Leia mais: Mobilidade urbana: Na Bahia, mais nove municípios tem transporte intermunicipal paralisado

Nos 171 parques eólicos existem mais de 1,3 mil aerogeradores. Os equipamentos geram curiosidade na população das cidades pequenas, onde estão instalados. São conhecidos como ‘catavento’. 4,1 Gigawatts (GW) é a capacidade instalada desses aerogeradores.

Aumento na produção

A produção de energia eólica deve aumentar ainda mais na Bahia, segundo o secretário da Infraestrutura do Estado Marcos Cavalcante.
O titular da pasta informou que mais dois parques serão inaugurados em Campo Formoso.

A Secretaria de Desenvolvimento Estadual informou que a Bahia possui 54 parques eólicos que estão sendo construídos e outros 70 com a construção já prevista.

A estimativa é que juntos os dois adicionem em 3,2 bilhões de reais na economia do Estado através de investimentos. A geração de emprego também deverá ser impulsionada, com 53,2 mil empregos, tanto diretos como indiretos.

Energia solar também movimenta economia da Bahia

Outro ponto forte na economia da Bahia é a energia solar. O Estado é líder na produção com 31 empreendimentos funcionando a todo vapor.

Nos últimos oito anos foram aplicados quatro milhões de reais por empresas do setor. Esse tipo de energia, através de 8 parques construídos nos 8 municípios produziram 718.247,04 MWh.

Esse valor é equivalente a 30,9 por cento da produção nacional. 880 mil casas são contempladas com a energia solar.

Mara Rodrigues é formada em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá com mais de 13 anos de experiência. Já atuou como repórter de economia e polícia do jornal O Estado, repórter de cotidiano da TV Diário e assessora de comunicação. Atualmente trabalha como repórter de cotidiano da TV Cidade, filiada da Record TV no Ceará e dedica-se a redação do jornal O Norte.