Eleições 2020: Conheça os candidatos que devem disputar o SEGUNDO turno em Macapá

Macapaenses decidirão no próximo domingo (6) quem estará à frente da cidade pelos próximos quatro anos. O 1° turno das Eleições 2020 foram adiadas na cidade por conta da falta de energia que afetou o estado por mais de 20 dias. Candidatos à prefeitura e à Câmara dos Vereadores serão votados pelos 292 mil eleitores aptos do Macapá. Aquecendo o cenário eleitoral da cidade, Instituto Ecos divulgou uma pesquisa neste domingo (29) onde foi apontada uma mudança nas intenções de votos dos candidatos à prefeitura.

Eleições 2020: Conheça os candidatos que devem disputar o SEGUNDO turno em Macapá (Foto: Reprodução/Agência Brasil)
Eleições 2020: Conheça os candidatos que devem disputar o SEGUNDO turno em Macapá (Foto: Reprodução / Agência Brasil)

Joseiel Alcolumbre, do DEM (Democratas), perdeu o posto de liderança das últimas amostras. Caindo para 20,6% dos votos válidos. Agora, o irmão do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), está em empate técnico com o candidato João Capiberibe, do PSB (Partido Socialista Brasileiro), que lidera as intenções de voto, com 21,4%.

Leia mais: Eleição 2020: Amapá começa a se preparar para primeiro turno; conheça os candidatos

O ex-senador, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Ecos. Com 21,4% dos votos válidos, está em empate técnico com Josiel Alcolumbre (DEM), que tem 20,6%.  Na sequência, aparecem os demais postulantes: Cirilo Fernandes, do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), com 16,9%, Dr. Furlan, do Cidadania, com 16,2%, Patrícia Ferraz, Podemos, com 12,2%, e Pastor Guaracy, do PSL (Partido Social Liberal), com 8,4%.

No levantamento, realizado no dia 24 de novembro, foram entrevistados 600 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o número AP 05863/2020.

Histórico das intenções de voto

O atual líder da pesquisa oscilou nos levantamentos realizados entre outubro e novembro. Na pesquisa do dia 28 de outubro, João Capiberibe liderava com 22,7% dos votos válidos. Chegou a subir para 26%, no dia 7 de novembro.
No dia 14 de novembro, ele caiu para o quinto lugar na disputa, com 12,5% dos votos válidos. Nas últimas duas semanas, porém, Capi teve uma recuperação, subindo quase 9 pontos e chegando a 21,4% dos votos.

Josiel Alcolumbre aparecia com 24,9% das intenções de votos na pesquisa do dia 28 de outubro, subindo para 29,5%, no dia 7 de novembro. Caiu para 19,1%, em 14 de novembro, e teve uma leve recuperação para 20,6%, nesta rodada do dia 24/11.

Dois candidatos subiram nas intenções de voto: Dr. Furlan e a Patrícia Ferraz. Porém, o levantamento de domingo mostra que os dois estão perdendo força no cenário eleitoral.

Leia mais: Trabalha na área cultural? Saiba como ganhar até R$ 20 mil em premiação no Amapá

Eleições adiadas em Macapá

Por conta da insegurança para a realização das eleições no estado, TRE-AP (Tribunal Regional Eleitoral do Amapá) solicitou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que as eleições fossem adiadas em Macapá, dia 12 de novembro. O pedido foi acatado, e o pleito será realizado no dia 6 de dezembro – válido apenas na capital.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.