Eleições 2020: No Recife, João Campos ULTRAPASSA Marília Arraes, diz Ibope

Uma pesquisa realizada pelo Ibope e divulgada nesta quarta-feira (25) sobre as eleições em Recife mostra mudança no favoritismo dos eleitores. O levantamento ouviu 1.001 pessoas entre os dias 23 e 25 de novembro e tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa aponta João Campos (PSB) à frente das intenções de voto, com 43%.

Eleições 2020: No Recife, João Campos ULTRAPASSA Marília Arraes, diz Ibope
Eleições 2020: No Recife, João Campos ULTRAPASSA Marília Arraes, diz Ibope. (Imagem: Google)

O resultado contraria as últimas pesquisas sobre o segundo turno, que mostravam vantagem de Marília Arraes (PT). Neste levantamento, a candidata teve 41%; brancos e nulos somaram 15% e outros 2% estão indecisos. Na amostragem divulgada no dia 18 de novembro, a petista tinha 45%, enquanto Campos tinha 39%.

Leia mais: Pernambuco RETOMA atividades presenciais em escolas privadas para ESTES alunos

Detalhes da pesquisa para a prefeitura de Recife

Considerando a margem de erro, os candidatos continuam em empate técnico, com apenas dois pontos percentuais de diferença. Nos votos válidos, João Campos tem 51% e Marília Arraes, 49%. Em relação à pesquisa anterior, Campos cresceu quatro pontos e Marília caiu quatro pontos.

Para calcular os votos válidos, são excluídos brancos, nulos e indecisos. O procedimento é o mesmo que a Justiça Eleitoral faz no resultado oficial da eleição. Para vencer no segundo turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um.

Nas divisões por segmentos, João Campos é o favorito entre os evangélicos (49%) e entre eleitores que avaliam bem a atual gestão municipal (63%). Na comparação com o levantamento anterior, os resultados foram: no eleitorado com idades entre 35 e 44 anos, o candidato passou de 34% para 43%; entre pessoas com renda entre dois e cinco salários mínimos, cresceu de 35% para 44%; entre os brancos subiu de 35% para 42%.

Leia mais: Pernambuco RETOMA atividades presenciais em escolas privadas para ESTES alunos

O candidato também registrou alta nos índices de intenções de voto entre os eleitores de Delegada Patrícia no primeiro turno (+30%) e de Mendonça Filho, assim como entre o eleitorado com ensino médio (+10%). Nos entrevistados com ensino fundamental, Campos registrou queda.

As menções a Marília Arraes também tiveram alterações entre os segmentos, em relação à pesquisa anterior. A candidata cresceu entre os eleitores com ensino fundamental e caiu nos outros segmentos – renda mensal entre dois e cinco salários mínimos e acima de cinco salários mínimos; ensino superior e ensino médio; eleitores de raça/cor branca; entre 16 e 24 anos e 45 e 54 anos e também entre o eleitorado de Delegada Patrícia.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.