NOVO adiamento do ENEM? Secretaria de Educação da Bahia solicita novas datas ao MEC

Mediante a situação pandêmica e a reclamação dos alunos sobre a falta de acesso aos conteúdos preparatórios ou a dificuldade de acompanhar as disciplinas escolares, principalmente os estudantes do ensino médio, a Secretaria de Educação da Bahia enviou um documento pedindo o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para o mês de maio.

NOVO adiamento do ENEM? Secretaria de Educação da Bahia solicita novas datas ao MEC
NOVO adiamento do ENEM? Secretaria de Educação da Bahia solicita novas datas ao MEC (Imagem: Montagem/Jornal O Norte)

Pela primeira vez na história do exame, o Enem sofreu um processo de adiamento e, por isso, não irá acontecer em 2020. As provas, que geralmente acontecem no final de cada ano, foram remanejadas para janeiro e fevereiro de 2021. O motivo se deu devido à crise do novo coronavírus que modificou o andamento das atividades, inclusive as educacionais.

Outra modificação também é que, também nesta edição, as provas estarão sendo aplicadas na modalidade convencional e digital, sendo marcadas  para 17 e 24 de janeiro na categoria impressa e 31 de janeiro e 7 de fevereiro na versão digital, que acontecerá nos laboratórios de informática dos institutos parceiros do Enem.

Leia mais: Governo volta atrás e ENEM 2020 poderá ser usado para ProUni, Fies e SiSU 2021

Essa é a segunda vez que uma petição de adiamento é enviada para o MEC e para o Inep. O secretário alega que a decisão é um dos motivos ara conter o avanço da doença e afirma que o índice de contaminação pelo novo coronavírus no estado está cada vez mais frequente. A proposta é que o exame seja realizado no mês de maio de 2021.

Casos de contaminação na Bahia

O estado da Bahia já atingiu a marca de 9 mil mortes, o anuncio foi realizado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Nas últimas 24 horas, foram divulgadas os números de casos confirmados, chegando no total de 483.767 contaminados.

Mais de 36 mil profissionais de saúde já se contaminaram no estado, e a tendência é de que este número aumente, já que a segunda onda de contaminação do novo coronavírus pode chegar a qualquer momento. Além disso, mais de 460 mil pessoas venceram o diagnóstico e sobreviveram a doença.

De acordo com a Sesab,  6.322 pacientes seguem como o chamado ‘caso ativo’ e seguem sob supervisão dos órgãos competentes e da vigilância epidemiológica. Cerca de 122.722 esperam resultado do exame sorológico.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.