Eleições 2020: ‘Recife está saturado com governos de esquerda’ diz candidato do município

O candidato a prefeito de Recife nestas eleições 2020, Mendonça Filho (DEM) está confiante com a ruptura do que chamou de “hegemonia de esquerda” na capital pernambucana. Para ele, a população está saturada e pronta para uma mudança representativa. A declaração foi dada durante uma entrevista. Em Recife, a prefeitura foi governada pelo PT por 12 anos, depois pelo PSB, do atual prefeito Geraldo Júlio, que está no poder há oito anos.

Eleições 2020: 'Recife está saturado com governos de esquerda' diz candidato do município
Eleições 2020: ‘Recife está saturado com governos de esquerda’ diz candidato do município. (Imagem: Bruno Campos/ Divulgação)

Mendonça Filho tenta o cargo de prefeito pela terceira vez e acumula experiência como deputado federal, governador de Pernambuco e ministro da Educação na gestão de Michel Temer. A candidata a vice é a deputada estadual Priscila Krause. Segundo a pesquisa Datafolha mais recente, ele tem 16% das intenções de voto e está tecnicamente empatado com a deputada federal Marília Arraes (PT), no segundo lugar. Quem lidera a pesquisa é o deputado João Campos (PSB), com 26%.

Bandeiras defendidas na campanha das eleições 2020 em Recife

O candidato acredita que a pandemia do novo coronavírus representou um ano perdido de educação para as crianças, principalmente das classes mais vulneráveis. Uma das propostas de Mendonça para compensar os problemas é   a disponibilização de internet com provedores de bairro para estudantes de escolas públicas.

O democrata também defende a discussão para a volta às aulas presenciais, respeitando as medidas sanitárias estabelecidas pelos órgãos oficiais de saúde. Além disso, é a favor da escola em tempo integral no ensino fundamental. Em relação a instituições cívico-militares, o candidato diz não acreditar em uma ferramenta única e genérica, mas não descarta o formato.

Leia mais: Eleições 2020: Veja o que os candidatos de Recife dizem para melhorar o transporte público

Sobre a relação com o presidente Jair Bolsonaro, Mendonça Filho acredita que terá apoio do governo federal para desenvolver Recife. Na pesquisa Datafolha, as intenções de voto em Mendonça chegam a 28% entre os eleitores que aprovam a gestão de Bolsonaro. Outros candidatos ficam com 20%, como Campos; 12% na Delegada Patrícia e 10% em Marilia Arraes nessa parcela do eleitorado.

A capital tem 11 candidatos na disputa pela prefeitura: Além de Mendonça Filho (DEM), disputam Alberto Feitosa (PSC), Carlos Andrade Lima (PSL), Charbel Maroun (Novo), Cláudia Ribeiro (PSTU), João Campos (PSB), Marília Arraes (PT), Marco Aurélio (PRTB), Patrícia Domingos (Podemos), Thiago Santos (UP) e Victor Assis (PCO).

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.