Eleições 2020: Segundo turno em Porto Velho aponta para reeleição? Veja as intenções de voto

A pesquisa mais recente realizada pelo Ibope para o segundo turno das eleições em Porto Velho aponta reeleição do prefeito Hildon Chaves (PSDB). Ele recebeu 49% das intenções de voto entre os entrevistados, enquanto Cristiane Lopes (PP) teve 33%. Ainda assim, a disputa está em aberto e só será definida no domingo (29).

Eleições 2020: Segundo turno em Porto Velho aponta para reeleição? Veja as intenções de voto
Eleições 2020: Segundo turno em Porto Velho aponta para reeleição? Veja as intenções de voto. (Imagem: Reprodução / UOL)

O levantamento ouviu 602 eleitores da capital entre os dias 19 e 21 de novembro. Encomendada pela Rede Amazônica, a pesquisa tem nível de confiança de 95% e margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Pesquisa aponta candidato preferido em Porto Velho

Além dos percentuais dos concorrentes, a amostra registrou 12% de intenções de votos nulos ou brancos e 6% de indecisos. No primeiro turno das eleições 2020, os votos brancos e nulos somaram 8,89% do eleitorado. O destaque foi para o índice de ausência, que chegou a 27,58% ou 91.851 eleitores.

Leia mais: Eleições 2020: Saiba QUAL candidato LIDERA intenções de voto para 2º turno em Boa Vista

Na capital de Rondônia, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) teve 34,01% dos votos e Cristiane Lopes (PP) teve 14,32%, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O segundo turno das eleições 2020 será no domingo (29). As medidas de segurança para a votação serão repetidas.

Conheça os candidatos

Hildon Chaves é advogado, empresário e atuou como promotor em quatro cidades do Estado, inclusive na capital. Foi eleito prefeito de Porto Velho em 2016 e busca a reeleição. No ano passado, sua gestão enfrentou problemas com relação ao transporte escolar, com falta de ônibus ou barco devido à quebra de contratos por irregularidades. O vice na chapa é o atual vereador Maurício Carvalho (PSDB).

Leia mais: No Pará, 28 candidatos são eleitos em 2020, mas NÃO podem governar; entenda o motivo

Cristiane Lopes é jornalista e atual vereadora de Porto Velho. A uma semana do primeiro turno, a candidata foi diagnosticada com covid-19 e precisou se afastar das atividades presenciais de campanha. O vice é o delegado Pedro Mancebo (PROS).

Quem for eleito vai governar para pouco mais de 500 mil habitantes a partir de 1º de janeiro de 2021. Os principais desafios a serem enfrentados na capital rondoniense são serviços de transporte, controle de queimadas e saneamento básico.

 

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.