Eleições 2020: Veja o projeto de saúde dos candidatos a prefeito de Maceió

A prefeitura de Maceió tem 10 candidatos na disputa eleitoral. Os planos de governo estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e contemplam as principais propostas em diversas áreas. Na atual conjuntura, o destaque vai para a saúde. Confira a lista de candidatos, em ordem alfabética, e os principais pontos dos respectivos projetos que contemplam a área para estas eleições 2020.

Eleições 2020: Veja o projeto de saúde dos candidatos a prefeito de Maceió
Eleições 2020: Veja o projeto de saúde dos candidatos a prefeito de Maceió. (Imagem: Google)

Projeto de saúde dos candidatos em Maceió nestas eleições 2020

  • Alfredo Gaspar (MDB)

O plano foca na rede de atenção básica, com a universalização do acesso a 100% da cobertura dos usuários do SUS. Também contempla melhorias nos cuidados à pessoa com deficiência e na rede de saúde integral da mulher.

  • Cícero Almeida (DC)

Para garantir o acesso da população à saúde com qualidade através do SUS, o candidato pretende construir um Hospital Municipal e implantar clínicas e centros de especialidades.

  • Cícero Filho (PCdoB)

O candidato divulgou uma primeira versão de plano para a saúde, com foco na crise provocada pela pandemia. O restante do programa ainda está em discussão.

Leia mais: Eleições 2020: TRE libera lista com novos locais de votação em Maceió

  • Corintho Campelo (PMN)

A proposta de governo não está disponível na plataforma DivulgaCand.

  • Davi Filho (Progressistas)

O projeto foca na construção de uma cidade saudável, com a criação do programa ‘Saúde ao seu encontro’, com mutirões nos bairros, além da implantação de mais Unidades Básicas de Saúde.

  • JHC (PSB)

O planejamento foca em políticas voltadas à população com mais de 60 anos. Alguns objetivos são: elevar o Indicador de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM); reduzir a taxa de mortalidade infantil e os casos de dengue e de doenças infecciosas.

  • Josan Leite (Patriota)

O candidato também não disponibilizou a proposta de governo.

  • Lenilda Luna (UP)

A prioridade é o fortalecimento do SUS, com a valorização do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e a recuperação do Centro de Zoonoses, além da construção de um hospital veterinário municipal.

  • Ricardo Barbosa (PT)

O projeto estabelece eixos organizadores dos serviços e das ações e cita como prioritário o planejamento de políticas de proteção à criança e ao adolescente.

  • Valéria Correia (PSOL)

A proposta de governo da candidata não está disponível na plataforma do TSE.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.