Em Pernambuco, comércio terá horário AMPLIADO no Natal e Ano Novo

O horário de comércio em Pernambuco será ampliado no período do Natal e Ano Novo. A decisão foi tomada como um mecanismo de manter a economia ativa e, ao mesmo tempo, evitar a formação de aglomerações e propagação do novo coronavírus. Até o dia 23 de dezembro o comércio no estado seguirá o horário de 9h às 00h. Já os bares e restaurantes precisam seguir o cumprimento de outro decreto e fecharão às 20h.

Comércio terá horário AMPLIADO no Natal e Ano Novo em Pernambuco
Comércio terá horário AMPLIADO no Natal e Ano Novo em Pernambuco (Imagem: Reprodução/ Google)

De acordo com Bruno Schwambach, Secretário de Administração do Município, o novo cronograma tem muita importância neste período de pandemia e pode ser explicada como uma forma de prevenção à disseminação do vírus, respeitando o dinamismo econômico do estado.

“Estamos ampliando o horário de funcionamento do comércio até o dia 23 de dezembro e esperamos, assim, diluir o fluxo de pessoas num horário ampliado, tentando evitar aglomerações”, afirmou o secretário.

Leia mais: IPVA 2021: Confira o calendário de pagamento em Pernambuco

A ampliação de horário do comércio serve para shoppings e também para o comércio de rua. A tentativa de diminuir o horário de atendimento dos bares e restaurantes no fim do ano, segundo o governo, foi para incentivar os recifenses realizarem as comemorações junto às famílias.

Grande parte da população vê os horários de funcionamento dos comércios, as medidas adotadas e mudanças quanto aos horários dos bares como ações acertadas no estado, ainda mais com casos de reinfecção e ameaças de segunda onda de infecção do novo coronavírus.

Reinfecção em Pernambuco

O Brasil tem 58 casos suspeitos de reinfecção pelo vírus. Na quinta-feira (11), o Ministério da Saúde anunciou o primeiro caso no país, uma médica do Rio Grande do Norte, com 37 anos.

Leia mais: Natal e Réveillon 2021 CANCELADOS em Pernambuco? Governo toma decisão sobre festas

Em Pernambuco, até o momento há a notificação de 12 casos suspeitos. No prazo de 15 dias, aumentaram mais que o dobro dos casos suspeitos, saindo de 10 para 22 notificações. Até o momento, o estado registrou 198.426 casos confirmados, mais de 9 mil mortes e 171.535 recuperados.

Cabe ressaltar que as normas de segurança de combate à disseminação do vírus são as mesmas: utilização de álcool em gel, máscara de proteção individual, medição de temperatura para entrada nos estabelecimentos, tapete sanitizante e distanciamento social.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.