Aposentadoria Privada 2021: Quanto é preciso contribuir para ter direito ao benefício?

Além dos requisitos para obter a aposentadoria, é preciso atentar-se à quantia monetária que será necessário ao adquirir o benefício em casos de aposentadoria privada. A depender da realidade financeira do cidadão, alguns tópicos devem ser levados em consideração para calcular o quanto precisaria ser poupado mensalmente para ter uma vida econômica mais tranquila durante a 3ª idade.

Como funciona a aposentadoria privada? Quanto é necessário para obter o benefício? Saiba quanto poupar para se aposentar.
Aposentadoria Privada 2021: Quanto é preciso contribuir para ter direito ao benefício? (Imagem: Reprodução/Google)

Dependendo do estilo de vida, da remuneração recebida e o tempo que ainda falta para a aposentadoria, a quantia poupada para investimento pode variar de R$ 10 a mais de R$ 3.500 por mês.

O ideal, segundo especialistas ouvidos pelo UOL, é fazer um planejamento o quanto antes para não haver dificuldade financeira futura. No geral, o custo de vida de um aposentado equivale a 70% do de uma pessoa que ainda está no mercado de trabalho.

Leia mais: Aluguel, conta de luz, plano de saúde e MAIS gastos que terão reajustes em 2021

“Conceitualmente, um aposentado reduz seus custos em 30%, uma vez que suas atividades serão alteradas de forma considerável. Mas tudo depende do planejamento e estilo de vida de cada pessoa”, disse ao UOL a sócia da CMS Invest, Thaís Maiochi de Oliveira.

Portanto, na hora de planejar a aposentadoria, o cidadão pode levar em conta que o estilo de vida de aposentado será diferente, sem custos como a mensalidade do colégio dos filhos, contas relacionadas ao trabalho – entre gastos com transporte, alimentação e até mesmo a happy hour com os colegas -, por exemplo; não sendo necessário almejar a manutenção da renda que tem atualmente.

Como funciona uma aposentadoria privada?

A previdência privada é um plano de aposentadoria independente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) oferecido por bancos e corretoras de crédito.

O trabalhador pode contribuir mensal ou unicamente com a quantia que puder, desde que acima do mínimo cobrado pela instituição financeira.

Basicamente existem dois modelos de previdência privada:

  • PGBL – Plano Garantidor de Benefício Livre 
  • VGBL – Vida Garantidor de Benefício Livre

O primeiro modelo é indicado para pessoas que declaram o Imposto de Renda pelo formulário completo. No PGBL é possível deduzir os aportes, respeitando o limite de até 12% da renda anual. 

Já no VGBL, o IR incide apenas sobre a rentabilidade. Esse modelo é mais indicado para quem faz declaração anual pelo formulário simples. 

Quais bancos oferecem aposentadoria privada no Brasil?

  • Banco do Brasil
  • Itaú
  • Caixa
  • Bradesco
  • Santander
  • XP Investimentos
  • Entre outros!

Leia mais: Sua profissão será EXCLUÍDA do MEI em 2021? Confira as novas regras!

Quanto guardar no total antes de se aposentar?

A simulação a seguir foi realizada com base em uma pessoa que ganha R$ 10 mil mensais, com cálculo em 2020 para o piso do INSS em R$ 1.045:

Conservador: R$ 1.463.144
Moderado: R$ 926.128
Agressivo: R$ 627.502

Aposentadoria teto do INSS (R$ 6.101,06)

Conservador: R$ 220.869,00
Moderado: R$ 139.804,04
Agressivo: R$ 94.630,13

Salário mínimo 2021

O Piso Nacional é a base para definição de muitos benefícios sociais do Governo Federal, entre eles, o valor mínimo do INSS.

Neste ano de 2021, o salário mínimo ficou definido em R$ 1.100, promulgado em MP (Medida Provisória) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no final de dezembro de 2020. O valor, inicialmente, ficaria em R$ 1.067.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.