Enem 2020: Defensoria Pública cria canal para receber denúncias no segundo dia de prova

Frente aos possíveis problemas que os candidatos ao Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) podem encontrar na realização do segundo dia de provas, a DPU (Defensoria Pública da União) lançou o “Observatório do Enem 2020”. O canal servirá de apoio aos inscritos para receber denúncias através de formulário eletrônico.

Enem 2020: Defensoria Pública cria canal para receber denúncias no segundo dia de prova (Imagem: Ramon Bitencourt/O Tempo)
Enem 2020: Defensoria Pública cria canal para receber denúncias no segundo dia de prova (Imagem: Ramon Bitencourt/O Tempo)

A medida foi estudada após relatos de candidatos prejudicados no primeiro dia de realização do Enem 2020, no último dia 17. Foram relatados bloqueios de acesso devido às salas cheias, com filas sendo formadas e capacidade máxima nos locais das provas.

Também houve comentários nas redes sociais de que não havia álcool em gel disponível na entrada de todas as salas de aula; e algumas salas sequer tinham janelas.

Ao UOL, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) não se pronunciou sobre os episódios de aglomeração e descumprimento de outras medidas de prevenção contra a Covid-19.

Leia mais: Enem 2020: Candidato barrado no primeiro dia terá NOVA oportunidade

O canal não está aberto para assuntos que não estejam relacionados ao Enem, como dúvidas pessoais, boatos, fake news e outras. O órgão também veda mensagens ofensivas e que violem os direitos humanos.

Não serão respondidas, bem como solicitações de assistência jurídica, devendo ser utilizado estritamente para denúncias.

A DPU ressalta que as mensagens não serão respondidas de forma individual, servindo somente como registro geral dos problemas encontrados no exame.

Como o Observatório do Enem 2020 vai funcionar?

Os candidatos que se sentiram prejudicados pelo Enem 2020 terão as reclamações acolhidas e catalogadas pela DPU, no Observatório do Enem 2020, para que o órgão possa planejar sua atuação coletiva. As denúncias devem ser realizadas por meio de preenchimento de um formulário.

Inscritos barrados no primeiro dia de prova

Aos que foram barrados na entrada de aplicação das provas, o Inep abriu uma nova oportunidade para que os candidatos pudessem realizar o exame, disponibilizando portal para solicitação de reaplicação.

Porém, a solução encontrada pela autarquia pode não contemplar a todos, já que os casos serão analisados um por um para deferimento. Os pedidos podem ser realizados entre os dias 25 e 29 de janeiro pela internet, no Canal do Participante.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.