Enem 2020: Passo a passo de como pedir reaplicação de prova

O prazo para a reaplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começa nesta segunda-feira (25) e vai até a sexta (29). As novas provas acontecerão nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021. Podem pedir a reaplicação os candidatos que tiveram Covid-19 e os que passaram por algum incidente logístico.

Enem 2020: Passo a passo de como pedir reaplicação de prova
Enem 2020: Passo a passo de como pedir reaplicação de prova (Imagem: Reprodução Jornal O Norte)

As solicitações para a reaplicação do Enem devem ser feitas na Página do Participante.

No caso dos candidatos enfermos, deve-se apresentar um documento de identidade e um laudo legível que comprove a doença.

No documento deve constar:

  • Nome completo do participante;
  • Diagnóstico com a descrição da condição;
  • Código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10);
  • Assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro no CRM (Conselho Regional de Medicina), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente;
  • A data do atendimento.

O documento deve ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB.

Leia mais: Sisu, ProUni e Fies: Três programas que aceitam a SUA nota do Enem

Doenças infectocontagiosas

Conforme escrito no edital do Enem 2020, as doenças infectocontagiosas são:

  • Coqueluche;
  • Difteria;
  • Doença invasiva por Haemophilus influenza;
  • Doença meningocócica e outras meningites;
  • Varíola;
  • Influenza humana A e B;
  • Poliomielite por poliovírus selvagem;
  • Sarampo;
  • Rubéola;
  • Varicela;
  • Covid-19.

Candidatos barrados no Enem 2020

Conforme definido pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), os alunos que se sentiram prejudicados por “incidentes logísticos” também podem pedir a reaplicação da prova, no entanto, os casos serão avaliados individualmente.

Leia mais: Fies 2021 abre inscrições a partir de terça-feira (26); TUDO sobre o financiamento

As situações previstas são:

  • Desastres naturais (que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local);
  • Falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural)
  • Falha no dispositivo eletrônico fornecido ao inscrito que solicitou uso de leitor de tela;
  • Erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador, caso tenha causado prejuízo ao participante.

Além disso, os candidatos que foram barrados de realizar a prova por lotação das salas também podem pedir a reaplicação da prova. Sendo assim, o aluno tem de descrever o problema ocorrido na Página do Participante.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.