Entenda o selo “Pernambuco Seguro”, criado pelo governo do estado para empresas de turismo

Na última quarta-feira (29) a Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco (Setur) criou o “Selo Turismo Seguro”. A proposta é reconhecer e referenciar  empresas e prestadores de serviço da área do turismo que cumpram as medidas de segurança adotadas pelo governo, no combate ao coronavírus. 

Entenda o selo "Pernambuco Seguro", criado pelo governo do estado para empresas de turismo
Entenda o selo “Pernambuco Seguro”, criado pelo governo do estado para empresas de turismo (Imagem: Reprodução Google)

O projeto é uma parceria da Setur com a Empresa de Turismo de Pernambuco Governador Eduardo Campo (Empetur) e a Agência Pernambucana de Vigilância (Apevisa).

Apesar do estado não ter liberado completamente a volta do setor, a proposta é incentivar as atividades que cumpram com as medidas de segurança determinados pelos protocolos. 

Assim, todas as empresas e prestadores de serviço da área do turismo, podem receber a chancela, conforme aponta a Setur. 

Desse modo, hotéis, pousadas, bares, restaurantes e guias, por exemplo, podem receber o selo, desde que declarem o interesse por meio da adesão do termo de compromisso. Porque, aliás, essa é a forma do participante que deseja a chancela de se comprometer a cumprir as normas mínimas adotadas pela Setur, Empetur e Apevisa. 

Leia Mais: Shoppings de Pernambuco ampliam horário de funcionamento; confira!

Aliás, o selo poderá ser adquirido de forma eletrônica. Além disso, poderá ser feito a verificação da autenticidade através do QR Code, que estará presente no documento. 

Quem tiver o selo, pode divulgar tanto em seu estabelecimento quanto nas redes sociais. Sendo assim a critério do próprio participante. 

Segmentos turísticos que podem ter o selo em Pernambuco:

  • Agências de viagem e operadoras
  • Atrativos turísticos
  • Bares e restaurantes
  • Centro de convenções
  • Eventos
  • Guia de turismo
  • Locadora de veículos
  • Meios de hospedagem
  • Parques aquáticos
  • Parques temáticos
  • Transportadora turística
  • Turismo náutico

Fiscalização nos estabelecimentos

Os participantes que obtiverem o selo poderão ter os seus estabelecimentos fiscalizados. Desse modo, as vistorias poderão ser realizadas tanto pela Empetur quanto pela Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária. 

Em entrevista concedida ao portal G1, o Secretário de Turismo de Pernambuco informou que a população também pode participar do processo de fiscalização.

A gente também conta com os cidadãos, os turistas, os visitantes. Dessa maneira, a gente vai conseguir retomar o turismo. A gente tem tido sinalizações muito positivas ao longo do mês de julho”, disse o secretário. 

Novaes também afirmou a importância do selo para que os protocolos de segurança tenham a devida credibilidade entre os estabelecimentos e prestadores de serviço da região. 

“A gente entende como imprescindível ter um selo de Pernambuco, que possa emprestar credibilidade ao protocolo e segurança aos visitantes, para que eles estejam sabendo que aqui no estado existem protocolos rígidos que são fiscalizados pelos órgãos públicos”, disse Novaes. 

Facebook Comments

Mariana Cristina Rocha dos Santos é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo. Possui experiência em comunicação interna e externa no Teatro Carlos Gomes, espaço histórico-cultural capixaba. Além de produção para televisão, com pautas para programa de entretenimento, chamadas televisivas, spot para rádios e mídias sociais na TV Gazeta (afiliada à Rede Globo). Atualmente dedica-se à redação do Jornal O Norte.