Festa Agosto da Cultura Popular é feita pela 1ª vez na internet em Alagoas

Festa Agosto da Cultura Popular é feita pela 1ª vez na internet em Alagoas e diversos grupos folclóricos da cidade participam. A tradição é seguida há mais de 10 anos, e por causa da pandemia da Covid-19, não poderá ser presencial. Grupos dos bairros de Maceió, são convidados para se apresentarem.

Festa Agosto da Cultura Popular é feita pela 1ª vez na internet em Alagoas
Festa Agosto da Cultura Popular é feita pela 1ª vez na internet em Alagoas (Foto: Reprodução Google)

Em razão da pandemia provocada pelo Coronavírus, a festa Agosto da Cultura Popular será realizada de maneira online.

A apresentação virtual terá grupos folclóricos que estão presentes todos os anos no festival. O evento é gratuito e normalmente acontece na Praça Santa Tereza, em Ponta Grossa. 

O evento tradicional reúne muitas pessoas desde 2009. Grupos dos bairros de Ponta Grossa e Vergel do Lago devem se apresentar virtualmente, na última semana de agosto. 

O objetivo da festa é celebrar a cultura popular do estado, com danças folclóricas, comidas típicas e apresentações de grupos da região. O apoio da comunidade é muito importante para o fortalecimento da cultura. Como afirmou o produtor do evento, Christiano Barros, é necessário que a população retome os valores das culturas tradicionais, para que a história se perpetue. 

“O Agosto da Cultura Popular procura mostrar para um público mais amplo a importância das nossas manifestações artísticas ligadas à cultura popular. É da cultura popular que vem a nossa identidade cultural.

Cultura popular não é algo do passado e sim uma realidade viva e dinâmica. Muitas pessoas, principalmente os jovens, têm a falsa ideia de que a tradição é tudo aquilo que é antigo, ultrapassado. Através de nossas ações, procuramos contribuir para a mudança dessa visão”, disse ele.

Leia mais: MP no Amapá descobre irregularidades em hospital Mãe Luzia

Participantes do evento

Dessa vez, músicas, danças e entrevistas estarão disponíveis para a população de maneira online. Os integrantes se apresentaram na versão “online” do palco centenário.

Toda produção deve ser divulgada no fim de agosto, que é quando normalmente a festa acontece. 

Entres os nomes convidados estão: 

  • Edmilson Mendes;
  • Zeza do Coco;
  • Abadá Capoeira;
  • Boi Trovão;
  • Boi Força Bruta;
  • Boi Fênix;
  • Fagner Dübrown;
  • Banda de Fanfarra – Nonato Lopes;
  • Violeiros repentistas – Inácio Medeiros e Neildo Marcelino;
  • Banda afro Axé Zumbi e Tequilla Bomb.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.