Governo de Pernambuco anuncia concurso com salários de quase R$ 5 mil

Governo de Pernambuco está com inscrições abertas para o preenchimento de 30 vagas temporárias por meio das Secretarias de Administração (SAD) e a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) com salários que chegam quase a R$ 5 mil; cadastros para o concurso podem ser feitos até o dia 9 de novembro.

Governo de Pernambuco anuncia concurso com salários de quase R$ 5 mil(Foto: Reprodução/Google Street View)
Governo de Pernambuco anuncia concurso com salários de quase R$ 5 mil(Foto: Reprodução/Google Street View)

As vagas requerem nível Superior de ensino, com carga horária semanal de 40 horas; a serem cumpridas na unidade da Semas e no Parque Estadual Dois Irmãos (Pedi). Os salários variam entre R$ 2.400,00 a R$ 4.590,00, a depender da vaga pretendida.

Leia mais: Governo de Pernambuco libera empréstimo de até 21 mil para empresas de eventos

O processo seletivo será realizado por meio de avaliação de experiência profissional e de títulos, de caráter eliminatório e classificatório. O contrato de trabalho terá duração de 12 meses, prorrogáveis por iguais períodos até o máximo de seis anos, conforme a necessidade de serviço a ser executado. A previsão da divulgação do resultado final do processo seletivo é no dia 25 de novembro.

Inscrições

De acordo com o edital, os interessados devem realizar as inscrições até o dia 9 de novembro através do portal da organizadora – Instituto Darwin-, neste link. Os candidatos precisarão anexar os documentos e títulos comprobatórios dentro do prazo estabelecido. A taxa de inscrição no processo seletivo é no valor de R$ 65,00.
Os pedidos de isenção podem ser solicitados no período de 12 a 15 de outubro, podendo ser requerido através do portal do candidato, preenchendo requerimento de solicitação.

Das vagas do concurso

As oportunidades ofertadas são destinadas aos profissionais nas funções de analista ambiental em biologia, florestal, agronomia, engenharia ambiental, gestão ambiental, arquitetura (3); analistas ambientais nas áreas de concentração cartografia (2); concentração agroecologia (3); concentração educação ambiental (3); concentração recursos hídricos (1); concentração resíduos sólidos (2); concentração socioeconomia (1) e concentração recursos costeiros (1); analista de sustentabilidade em biologia, florestal, agronomia, engenharia ambiental, gestão ambiental, arquitetura (1); analista de sistemas e redes (1); analista de comunicação e redes sociais (2); analista jurídico (1); analista financeiro (2); analista administrativo (2); médico veterinário com atuação profissional para animais silvestres (2); zootecnista (1) e engenheiro civil – orçamentista/obras/projetos (2).

Para mais detalhes sobre as exigências de cada vaga, como atividades a serem desenvolvidas e locais de lotação, acesse o portal do certame. 

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.