Governo de Sergipe divulga normas de funcionamento para eventos drive-in

O Governo de Sergipe publicou no Diário Oficial o novo protocolo sanitário para eventos da modalidade drive-in, em que o público fica dentro do carro. As atividades contemplam exibições cinematográficas, shows musicais, concertos, apresentações teatrais e circenses e outras. A capacidade máxima de veículos deve ser regulamentada por cada prefeitura.

Governo de Sergipe divulga normas de funcionamento para eventos drive-in
Governo de Sergipe divulga normas de funcionamento para eventos drive-in (Imagem: Andreas Rentz/ Getty Images)

O governador Belivaldo Chagas também anunciou a reabertura de serviços educacionais extracurriculares e clubes de lazer e desportivos. Setores de alimentação, templos religiosos, academias, shoppings e galerias tiveram o atendimento ampliado pelo Plano de Retomada da Economia de Sergipe.

Leia mais: Sergipe: Governo avança e libera mais uma fase de flexibilização dos serviços.

Confira as regras determinadas para eventos drive-in em Sergipe

  • A compra de ingressos precisa ser on-line e a venda de alimentos no local deve priorizar pagamentos em cartão de crédito/débito. Não será permitida a venda de bebidas alcoólicas;
  • A distância entre os carros deve ser de um metro e meio, no mínimo e a ocupação dos veículos será limitada a quatro pessoas, sendo que todas devem estar de máscaras;
  • Nas caminhonetes, não será permitido ficar nas carrocerias; nos carros conversíveis, a capota deverá estar levantada; ônibus, micro-ônibus, caminhões, motos, bicicletas, motonetas, patinetes e afins estão proibidos;
  • Os ocupantes só poderão sair dos carros para ir ao banheiro e a quantidade de sanitários deve levar em conta a quantidade de pessoas no evento; a organização deve disponibilizar tapetes sanitizantes nas saídas;
  • Artistas e/ou palestrantes não poderão ter contato com o público e devem usar microfones individuais;
  • Todos os presentes no local devem ter a temperatura aferida e, se constatada que está acima de 37,5 °C, o acesso ao local deve ser impedido;
  • Os protocolos sanitários determinados devem ser sinalizados em todos os espaços e também devem ser seguidos durante montagem e desmontagem da estrutura do evento.

Eventos corporativos e sociais, na modalidade presencial, também foram autorizados, desde que cumpram os devidos protocolos sanitários. A ocupação deve respeitar o limite de metade da capacidade do local e o total não deve ultrapassar 100 pessoas. Eventos esportivos e atividades culturais continuam suspensos.

Facebook Comments

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.