Governo Federal cria programa de emprego em João Pessoa; conheça a proposta

Na última quinta-feira (24), o governo federal lançou o programa de emprego Mobilização pelo Emprego e Produtividade em João Pessoa para discutir sobre os principais desafios enfrentados por empreendedores e, com isso, possibilitar a criação de políticas públicas para fomentar o ecossistema empreendedor mais competitivo e sustentável.

Governo Federal cria programa de emprego em João Pessoa; conheça a proposta (Foto: Divulgação/Sebrae-PB)
Governo Federal cria programa de emprego em João Pessoa; conheça a proposta (Foto: Divulgação/Sebrae-PB)


O evento também foi realizado em Campina Grande na sexta-feira (25) à tarde, contando com a participação do diretor técnico do Sebrae nacional, Bruno Quick.

De acordo com informações do portal G1, o presidente da Fecomércio, Marconi Medeiros, destacou em evento que o diferencial do programa é esclarecer que são as micro e pequenas empresas as grandes geradoras de renda do país

“O foco tem que ser nesses empresários para que eles possam aumentar a oferta de empregos, aumentar a oferta de renda e possamos retomar o crescimento do país”, disse.

Leia mais: Secretaria de Assistência Social de Campina Grande informa retomada de atendimento presencial

Já para Luiz Alberto Amorim, diretor técnico do Sebrae Paraíba, há uma necessidade de desburocratização dos processos para que as pequenas empresas tenham liberdade e possibilidade de gerar mais emprego e renda.

Também foi apresentado o aplicativo Mobiliza Brasil, dispositivo que permite reunir sugestões da população; facilitando a organização de dados que servirão de subsídios para elaboração de políticas públicas.
 

Sobre o programa de emprego

O programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade é uma iniciativa do Ministério da Economia, por meio da SEPEC (Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade), em parceria com os governos estaduais e o Sebrae.

O foco do programa é permitir campo aberto à produtividade e à competitividade das empresas, difundindo iniciativas e programas para remoção burocrática.

De acordo com o portal G1, para auxiliar o desenvolvimento dos pequenos negócios, o trabalho irá acontecer m três frentes: a criação do Sistema de Defesa do Empreendedor, a criação do Sistema Nacional de Garantia a Crédito para as micro e pequenas empresas, e a capacitação cada vez mais ostensiva desses empresários.

Para o Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC/ME), Carlos da Costa, a Paraíba foi o primeiro estado escolhido para o início do projeto pelo estímulo da retomado no período pós-pandemia econômico.

“Vamos ouvir, mobilizar e divulgar o que está sendo feito para que juntos possamos avançar na retomada da economia do país”, disse.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.