Guajará-Mirim começa a vacinar jovens de 15 a 17 anos com comorbidades

Guajará-Mirim começa a vacinar jovens de 15 a 17  de acordo com a recomendação do Plano Nacional de Imunização e vacinar os adolescentes com comorbidade. Mas, a aplicação do imunizante acontece até amanhã em apenas um dos pontos de vacinação da cidade!

Guajará-Mirim começa a vacinar jovens de 15 a 17 anos com comorbidades
Guajará-Mirim começa a vacinar jovens de 15 a 17 anos com comorbidades (Imagem: Safrica)

Desde a última quarta-feira, 4, os adolescentes de 15 a 17 anos já podem se vacinar.

No entanto, apenas adolescentes com comorbidade poderão receber o imunizante nesse momento em Guajará-Mirim.

Vacinação dos adolescentes em Guajará-Mirim

Ainda que estejam dentro do grupo a ser vacinado nessa semana, os adolescentes terão que estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

Além disso, terão que apresentar os seguintes documentos:

  • Documento oficial com foto;
  • CPF;
  • Cartão do SUS;
  • Declaração, laudo ou atestado médio que comprove a condição.

Para receber a vacina eles terão que se dirigir até o prédio do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), das 8h às 14h. Lembrando esse grupo é exclusivo apenas até amanhã, 6.

Leia mais: Prefeitura de Porto Velho anuncia volta às aulas presenciais em 16 de agosto

Vacinas em Rondônia

O lote de vacinas mais recente a chegar em Rondônia foi entregue à Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) no último domingo, 1.

Os imunizantes foram armazenados na Central Estadual da Rede de Frio, em Porto Velho e de lá são distribuídos para os munícipios.

Ao todo Rondônia recebeu nesse lote 29 mil doses de vacinas da CoronaVac.

Durante toda essa semana acontece a distribuição dos imunizantes da seguinte forma:

  • 5.780 doses para a Regional de Ji-Paraná,
  • 2.780 para a Regional de Cacoal,
  • 2.560 para a Regional de Vilhena,
  • 4.500 para a Regional de Ariquemes,
  • 2.760 para a Regional de Rolim de Moura
  • 10.620 para Regional de Porto Velho.

Esse novo lote deve usado para a 1ª e 2ª dose na população entre 45 a 49 anos.

Lembrando que os adolescentes do estado estão sendo imunizados com a vacina da Pfizer.

De acordo com o secretário de saúde, Fernando Máximo, a distribuição das vacinas no estado é feita da forma mais rápida possível.

“Cada vez que chegam mais vacinas ao Estado, a distribuição as regionais são feitas de imediato para que seja executada a vacinação na população, para que todos fiquem imunes”.

Continue acompanhando O Norte e fique bem informado.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do Jornal O Norte.