IPVA 2021: Saiba qual a melhor forma de realizar o pagamento do imposto veicular

Início e final do ano são sempre os momentos mais esperados para quitar todas dívidas, para quem paga IPVA, não é diferente. O imposto veicular é cobrado de diversas maneiras e em algumas regiões descontos são oferecidos, mas, para não se prejudicar o contribuinte deve ficar atento a algumas dicas, confira do melhor pagamento do IPVA 2021.

IPVA 2021: Saiba qual a melhor forma de realizar o pagamento do imposto veicular (Foto: Reprodução Google)
IPVA 2021: Saiba qual a melhor forma de realizar o pagamento do imposto veicular (Foto: Reprodução Google)

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)  é obrigatório para cidadãos que possuam automóveis, os valores são variados de acordo com o tamanho, peso e tipo de automotor.

Anualmente, ele deve ser pago e em algumas regiões descontos são oferecidos. Em São Paulo, o pagamento pode ser feito de uma única vez com 3% de desconto ou parcelado em três vezes, porém sem desconto.

Para realizar o pagamento sem gerar dívidas, o contribuinte deve ficar atento aos melhores métodos. Especialistas explicam que a melhor alternativa para pagar o imposto, é todo mês separar uma parcela e deixar guardada, e quando chegar a data do vencimento, quitar a dívida.

Como o contribuinte só paga anualmente, fica mais acessível juntar o dinheiro ao longo dos meses.

O pagamento à vista é sempre o mais indicado pelos economistas, para evitar o amontoado de dividas referentes a outros impostos, como IPTU por exemplo. Apesar de as prefeituras oferecerem descontos, a melhor forma é realizar o pagameto é avista.

Leia mais: IPVA 2021: Veja como parcelar os débitos do imposto do SEU veículo

Formas de pagamentos do IPVA 2021

Quando o cidadão paga a vista, o desconto é em torno de 3%, então se o valor do IPVA for R$2.000, o valor ficaria em R$1.940.

Especialistas afirmam ainda que fazer empréstimos para pagar dívidas não é uma opção a ser levada em consideração, e quem estiver inadimplente e sabe que não terá como pagar o imposto, é melhor vender o automóvel do que fazer mais dívidas.

O valor do imposto e fixo, e por isso fica mais fácil de se programar para pagar. Então, como dito a melhor opção é guardar um pouco todo mês e pagar o valor inteiro do imposto, para evitar dívidas e não perder o veículo.

 

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.