No Ceará, pais de alunos participarão de debate para estipular retorno das aulas presenciais

Pais de estudantes de escolas públicas e privadas do Ceará vão participar de um encontro com autoridades do governo para debater sobre a retomada das aulas presenciais. De acordo com o secretário executivo da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) e coordenador do plano de retomada, Flávio Ataliba, os responsáveis serão consultados para relatarem preocupações em relação ao impasse do retorno.

No Ceará, pais de alunos participarão de debate para estipular retorno das aulas presenciais
No Ceará, pais de alunos participarão de debate para estipular retorno das aulas presenciais. (Imagem: Google)

O governador do estado, Camilo Santana, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, vão participar do debate, que está programado para esta semana. No Ceará, as atividades presenciais estão suspensas desde março nas escolas, devido à pandemia do novo coronavírus.

Segundo a assessoria da Seplag, os representantes a serem ouvidos são de uma associação. O secretário explicou que a discussão foi levada aos pais somente agora, quando 95% da economia do estado já retomou suas atividades. Para ele, as decisões envolvem diversos órgãos, como Governo do Estado, Ministério Público ou Defensoria Pública, e devem atingir toda a coletividade.

Conselho de Educação do Ceará defende permanência do ensino remoto

O Conselho Estadual de Educação do Ceará (CEE) emitiu um parecer orientando a continuidade do ensino remoto em instituições de educação básica, educação profissional técnica de nível médio e educação superior até 31 de dezembro de 2020.

Para a entidade, a escolha pela modalidade remota deve ser mantida pelas redes de ensino pública e privada mesmo que haja autorização para a retomada das atividades presenciais, “por precaução e para preservação da vida”.

Leia mais: Governo do Ceará prevê data de anúncio do plano para retorno de aulas, academias e bares.

O documento foi elaborado por uma comissão relatora específica e destaca que o objetivo é somar estratégias para o sistema de ensino do estado no momento de pandemia, evitando perdas para alunos, professores e familiares.

O governador Camilo Santana anunciou que a avaliação sobre a retomada das aulas presenciais segue nesta semana e que ainda não dá data para retorno. Segundo ele, o governo está monitorando a situação para estabelecer prazos e protocolos que garantam segurança.

O Ceará acumula 7.454 mortes decorrentes da Covid-19 e 159.953 casos confirmados, segundo dados da plataforma IntegraSUS, atualizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). O número de pacientes recuperados chegou a 131.816.

Facebook Comments

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.