Professores de Pernambuco anunciam greve por tempo indeterminado

Na última quarta-feira (30), Sinpro-PE (Sindicato dos Professores de Pernambuco) decretou estado de greve nas escolas do estado. O sindicato reúne professores da rede de ensino particular em Pernambuco.

Professores de Pernambuco anunciam greve por tempo indeterminado (Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco)
Professores de Pernambuco anunciam greve por tempo indeterminado (Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco)


Segundo o portal Folha de Pernambuco, a decisão foi tomada como uma das reações da categoria contra a decisão do Governo estadual de permitir o retorno às aulas presenciais nas escolas a partir do dia 6 de outubro.

As aulas estavam suspensas desde o início do contágio do novo coronavírus em Pernambuco, em 18  de março. Os docentes vinham lecionando remotamente desde então. A decisão foi tomada após reunião com atores da categoria.

Depois de amplo debate com o conjunto da categoria, decidimos por decretar estado de greve, como também uma ação jurídica contrária ao retorno das aulas presenciais. Essa foi a decisão amparada em 95% dos presentes na assembleia, que se colocam de acordo com a manutenção das aulas remotas e contrário ao retorno das aulas presenciais”, disse o presidente do Sinpro-PE, Helmilton Bezerra.

Retomada

No dia 21 de setembro, o Governo do Estado anunciou a retomada de aulas presenciais. De acordo com informações do portal Folha de Pernambuco, apenas os estudantes do último ano do ensino médio voltarão no ensino presencial em uma primeira etapa, no dia 6 de outubro. A orientação é tanto para escolas da rede estadual quanto para escolas da rede privada.

Leia mais: Eleições 2020: Conheça as propostas dos candidatos a prefeito de Caruaru-PE

O protocolo de retomada foi anunciado em julho pelo governo do estado; é para acontecer de forma gradual. Além dos estudantes do terceiro ano do ensino médio, no dia 6 de outubro, a partir do dia 13 os estudantes do segundo ano do ensino médio retornam, e, a partir do dia 20, estudantes do primeiro ano do ensino médio. 

Estado de greve em Pernambuco

O estado de greve não paralisa as atividades dos professores. A paralisação dos docentes acontece apenas após decisão em outra assembleia, caso achem que seja necessário.

Até a publicação da matéria do portal Folha de Pernambuco, ainda não havia previsão de uma nova rodada entre a categoria para decidir efetivamente pela greve.

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.