Recife terá Carnaval fora de época em 2021? Entenda a discussão

Autoridades estudam adiar o Carnaval 2021 em Recife e outras quatro cidades brasileiras por conta da pandemia do novo coronavírus. A proposta é realizar as festividades durante o segundo semestre do ano que vem, depois que a vacinação contra a Covid-19 tiver sido massificada. A ideia tende a amenizar os prejuízos de um possível cancelamento.

Recife terá Carnaval fora de época em 2021? Entenda a discussão
Recife terá Carnaval fora de época em 2021? Entenda a discussão. (Imagem: Marcela Cintra/PCR)

A discussão já está na comissão de acompanhamento externo da Covid-19, na Câmara Federal. A aposta também tenta modificar o feriado da festa de Momos para os meses de junho ou julho.

Além de Recife, os municípios envolvidos são: São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Os locais são os mais procurados para a época.

Leia mais: Carnaval 2021 CANCELADO em Pernambuco? Confira a decisão do governo

Possível adiamento do Carnaval 2021 em Recife

O melhor mês para a realização da festa ainda está sendo discutido, pois diverge entre as capitais. A discussão está sendo coordenada pelo deputado federal Dr. Luizinho, do Rio de Janeiro. Em Recife, a melhor data seria julho ou agosto, depois do São João. Em São Paulo e no Rio seria junho.

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), também defende o adiamento das comemorações do carnaval em 2021 para outro mês e acredita que a discussão deve se estender às autoridades locais.

Segundo ele, no meio do ano já existe a expectativa pelas comemorações juninas, muito tradicionais no Nordeste, então a melhor data precisa ser muito debatida.

O comentário foi feito após a decisão do governo estadual de cancelar o carnaval no início de 2021, em função da alta de casos de Covid-19.

Para ele, é preciso ter cautela para não enxugar o calendário, por isso o debate precisa ser feito de forma local, considerando as especificidades do Nordeste.

Leia mais: Pernambuco lança programa para RENEGOCIAÇÃO de dívidas em 2021

Outras regiões do país já decidiram cancelar o carnaval de 2021. No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, por exemplo, as festas e desfiles não serão realizados.

Além da preocupação com a segurança sanitária, as escolas de samba praticamente não conseguiram se organizar para o próximo ano, com restrições e sem a possibilidade de abrir as quadras para o público nos ensaios.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.