Sergipe tem QUEDA nos pedidos de seguro desemprego no mês de novembro; saiba como solicitar

Sergipe apresentou queda nos pedidos de seguro desemprego na primeira quinzena de novembro, segundo o Boletim Sergipe Econômico em parceria com o Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) da UFS e Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Tire suas dúvidas e veja como solicitar o benefício on-line.

Sergipe tem QUEDA nos pedidos de seguro desemprego no mês de novembro; saiba como solicitar
Sergipe tem QUEDA nos pedidos de seguro desemprego no mês de novembro; saiba como solicitar (Imagem: Reprodução / Jornal Contábil)

Segundo especialistas, houve diminuição da solicitação do benefício de 26,4% em comparação com a mesma data no ano passado. Ou seja, 1534 pedidos em relação a 1143 solicitações. Já em relação à outubro houve uma queda de 24,3%. Pela via digital, ao todo foram 862 solicitações em Sergipe.

Solicitação por área em Sergipe

De acordo com os estudos, o maior percentual de pedidos do seguro-desemprego foi da área de setor de serviços, o total de 478 pedidos com índice de 42,2 solicitações. Logo após foi o setor do comércio, indústria, construção e o setor agropecuário que registrou 4% refletindo um menor percentual e um total de 45 requisições.

Leia mais: DETRAN-SE: Veja aqui como realizar a simulação da SUA prova de habilitação

Quem pode e como solicitar o benefício

É de direito do trabalhador receber de três a cinco parcelas do valor do benefício e varia de acordo com cada situação trabalhista. O seguro-desemprego é garantido pela Constituição Federal. Para ter direito é preciso seguir alguns critérios como:

  • Demissão sem justa causa;
  • Pesca Artesanal;
  • Afastamento para qualificação profissional;
  • Pessoa resgatadas em regime de escravidão.

Por isso, existem cinco tipos de seguro-benefício para atender melhor à população e prover o sustento durante o período de ausência empregatícia. Os pagamentos do benefício são de responsabilidade da Caixa Econômica Federal e fiscalizado pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Leia mais: Imposto de Renda: Saiba se você irá RECEBER DINHEIRO da Receita Federal NESTA semana

A solicitação do pedido pode ser feito de forma virtual por meio do Portal do Governo Federal ou Aplicativo Carteira de Trabalho Digital de acordo com as seguintes instruções:

Para o Portal do Governo Federal:

  • Acessar o site oficial do Governo;
  • Ir para serviços do cidadão;
  • Clicar em solicitar seguro-desemprego;
  • Clicar em iniciar;
  • Fazer o cadastro informando o CPF;
  • Pronto, feito isso você já pode entrar no sistema, preencher o formulário e requerer o seu benefício.

Para o Aplicativo Carteira de Trabalho Digital:

  • Acessar olink e tenha acesso ao documento;
  • Caso já tenha o acesso pelo portal do governo, basta entrar com o login e senha;
  • Se não tiver, pode fazer o cadastro por meio do aplicativo;
  • Entrar no sistema, procurar pelo seguro-desemprego e fazer a requisição.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.