SiSU e ProUni 2021 ganham NOVAS regras por conta da pandemia do COVID-19; entenda

O Ministério da Educação (MEC) anunciou no Diário Oficial da União que as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni) não precisarão da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). Os estudantes poderão escolher e utilizar as notas dos exames anteriores. A decisão foi tomada em virtude da pandemia do novo coronavírus.

SiSU e ProUni 2021 ganham NOVAS regras por conta da pandemia do COVID-19; entenda
SiSU e ProUni 2021 ganham NOVAS regras por conta da pandemia do COVID-19; entenda (Imagem: Reprodução / Google)

Apesar da decisão inédita, o MEC ainda não se pronunciou sobre a possibilidade de novas regras e mais esclarecimentos sobre a mudança anunciada.

Enem 2020

O Enem é considerado o segundo maior vestibular do mundo e o maior processo seletivo do Brasil. Por meio dele, muitos estudantes tem acesso às universidades públicas e privadas e conseguem um diploma de graduação.

A prova existe desde o ano de 1998, porém em 2009 houve uma reformulação e novas diretrizes foram estabelecidas. Na primeira edição, o Enem tinha a principal e única função ser um termômetro de educação do ensino médio. Isto é, funcionava como uma forma do MEC analisar o desempenho do modelo educacional brasileiro.

Com o passar dos anos, as unidades de ensino superior aderiram ao exame e algumas universidades federais estabeleceram a prova como único passaporte para o ensino superior. O Enem acontece em dois dias e é constituído de 180 questões e 1 redação dissertativa argumentativa.

Sisu

O Sisu trabalha em conjunto com o Enem. Após a realização do exame, o estudante precisa se inscrever no programa para ter acesso às vagas nas instituições públicas, sejam elas federais ou estaduais.

Leia mais: Enem 2020: Candidatos infectados pelo coronavírus terão CHANCE EXTRA no vestibular

O cadastro geralmente acontece no início de cada ano e as vagas são separadas por instituição, curso e turno. As políticas públicas representadas pelas cotas também estão na lista de escolha do programa.

Prouni

O Programa Universidade para Todos funciona de modo similar ao Sisu e diferencia por ser um projeto que inclui apenas instituições privadas. As faculdades disponibilizam de bolsas parciais ou integrais e possibilitam também a entrada por meio de cotas.

Para ter acesso, basta entrar no site do programa e se inscrever quando o período de cadastro estiver aberto.

Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do Jornal O Norte traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.