TRE-PB libera lista de benefícios dos mesários nestas eleições 2020

Mais de 1,5 milhão de mesários vão atuar em 5.568 municípios brasileiros nas eleições 2020. Eles foram convocados pela Justiça Eleitoral ou se cadastraram para participar como voluntários. O trabalho não é remunerado, apenas oferece auxílio-alimentação para o dia de votação.

TRE-PB libera lista de benefícios dos mesários nestas eleições 2020
TRE-PB libera lista de benefícios dos mesários nestas eleições 2020. (Imagem: Divulgação)

Quem atua como mesário nas eleições usufrui de alguns benefícios. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Paraíba divulgou os principais. São eles: ter direito a dois dias de folga do serviço para cada dia trabalhado ou em treinamento e ter preferência no desempate em concursos públicos. Os mesários também recebem um certificado pelos serviços prestados.

Mudanças nas eleições em razão da pandemia

Este ano, o treinamento dos mesários foi on-line, por aplicativo, para evitar aglomeração de pessoas. Segundo o coordenador Digital de Combate à Desinformação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Thiago Rondon, o principal objetivo é garantir agilidade e segurança no processo eleitoral.

A ferramenta também permite encaminhar mensagens e oferece informações sobre o funcionamento da eleição, antes e durante a votação. A medida de segurança sanitária foi adotada pela Justiça Eleitoral para cumprir as determinações de autoridades de saúde.

Este ano, também foi lançada uma campanha para incentivar o voluntariado na prestação de serviços eleitorais e ampliar o número de colaboradores. Eleitores com mais de 18 anos podem se candidatar, desde que estejam em dia com a Justiça Eleitoral.

Leia mais: Eleições 2020: Veja a plataforma que reúne todos os candidatos a vereador de Recife-PE

Não podem se candidatar: candidatos e parentes de até segundo grau, bem como cônjuges; membros de diretórios de partidos políticos com função executiva; autoridades e agentes policiais que desempenham cargos de confiança do Executivo e servidores ou colaboradores da Justiça Eleitoral.

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e o segundo em 29 de novembro. Um protocolo sanitário definido por diversas instituições de saúde determina que todas as seções eleitorais tenham álcool em gel e que os mesários recebam máscaras, face shield (protetor facial) e álcool em gel para proteção individual.

Além disso, os locais de votação terão cartazes afixados com os procedimentos a serem adotados por todos. Os materiais de proteção foram doados por empresas e entidades brasileiras.

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.