17 capitais brasileiras retornam as aulas presenciais no ensino infantil

A maioria dessas capitais teve todo o primeiro semestre apenas com aulas virtuais. Porém, agora, passam a oferecer aulas presenciais no ensino infantil e boa parte delas com o ensino hibrido!

16 das 27 capitais brasileiras retornarão com as aulas presenciais no ensino infantil
17 capitais brasileiras retornam as aulas presenciais no ensino infantil (Imagem/Reprodução: Gettty Imagem/BBC)

O ensino híbrido é aquele que combina aulas presenciais com virtuais, nesse sentido, geralmente as turmas são divididas em dois grupos e um rodizio é feito.

A educação brasileira tem passado por um momento de grandes desafios, isso porque a pandemia trouxe o ensino remoto.

Agora, aos poucos, as aulas presenciais começam a ser retomadas e os especialistas têm falando sobre a importância desse retorno.

Já são situações que limitam muito essa possibilidade . As crianças precisam estar num ambiente propício para ter um ensino à distância adequado. Dar uma aula à distância não é a mesma coisa que aula presencial. Tem que ter capacitação dos professores para conseguir isso. É possível captar a atenção através dessas aulas? Sim, é possível, mas requer uma técnica muito mais apurada. Não é tão simples assim. Além de todos esses fatores, tem a questão do tempo de tela. Isso também é um problema, a gente sabe”, afirma o pediatra Marcelo Otsuka, coordenador do Comitê de Infectologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Leia mais em: Aulas presenciais em Maceió voltam no dia 23 de agosto

De acordo com dados do Portal G1, no primeiro semestre 17 das 27 capitais ofertaram o ensino remoto apenas e agora passam para o híbrido.

Em contrapartida, 6 capitais já ofereciam o ensino híbrido desde o primeiro semestre e continuarão.

Volta às aulas nas capitais brasileiras

Em Aracaju, Belém, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Macapá, Maceió, Natal, Palmas, Recife, Salvador, a novidade para o segundo semestre é a oferta desse sistema híbrido de ensino, pois, as aulas aconteciam de forma virtual apenas.

Em São Paulo, Manaus, Florianópolis e Rio Branco esse já era o sistema e no segundo semestre deve permanecer o mesmo.

Por outro lado, Porto Alegre vai retornar as atividades 100% presenciais já nesse segundo semestre.

Das capitais analisadas apenas em Boa Vista as aulas permanecem totalmente online.

Pensando na volta às aulas, o Governo Federal elaborou um Guia de Implementação dos protocolos de Retorno das Atividades Presenciais.

Continue acompanhando O Norte e fique bem informado.

Qual a sua Opinião? Deixe um comentário

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do Jornal O Norte.