Bolsa Família: Governo pode anunciar AUMENTO do benefício no próximo mês

O programa social Bolsa Família vai passar por algumas mudanças no mês de fevereiro. O governo pretende aumentar os valores do benefício. A nova proposta deve ser apresentada após a definição dos novos presidentes da Câmara e do Senado, marcada para 1º de fevereiro.

Bolsa Família: Governo pode anunciar AUMENTO do benefício no próximo mês
Bolsa Família: Governo pode anunciar AUMENTO do benefício no próximo mês (Imagem: Reprodução Jornal O Norte)

Aumento Bolsa Família

O governo federal está planejando aumentar e reajustar os valores do Bolsa Família, elevando o valor médio que é pago às famílias.

Conforme declarações feitas pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, ele não quis detalhar nenhuma das mudanças que serão feitas, pois, elas ainda dependem da aprovação do orçamento. Todavia, ele diz que os ser prêmios de mérito esportivo, escolar e científico devem ser incorporados ao programa.

Leia mais: Santander realiza feirão de imóveis com descontos de até 70%

Na última semana, técnicos da Cidadania falaram que trabalhavam para elevar o benefício médio para R$ 200 e acrescentar mais 300 mil famílias no programa, embora a fila de espera esteja na casa de um milhão.

Além disso, o governo federal está trabalhando com uma proposta de três eixos: reforço ao Bolsa Família, programa de microcrédito e ações para estimular a empregabilidade.

Renda Brasil e Renda Cidadã

No ano passado, em 2020, o governo do presidente Jair Bolsonaro, estava estudando a ideia de mudar o programa atual para o Renda Brasil e o Renda Cidadã. No entanto, nenhum dos dois projetos deram certo por fontes para financiar o programa.

Para consolidar os novos benefícios, o governo teria que oferecer um programa de transferência de renda mais robusto exige que o governo escolha outras despesas para cortar. Sem consenso de quais ações seriam remanejadas, as propostas foram abandonadas.

O ano de 2021 conta com reserva de R$ 34,8 bilhões para o Bolsa Família, o que representa um aumento com relação aos últimos anos, quando o investimento era de R$ 30 bilhões.

Leia mais: DPVAT: Indenizações devem ser pagas pelo Caixa TEM; saiba como usar

Bolsa família

O programa social Bolsa Família foi criado para garantir às famílias que vivem em situação de pobreza ou extrema pobreza o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Quem pode participar do programa?

  • As famílias com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa;
  • As famílias com renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa;
  • As famílias que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.