Brasil volta a gerar empregos formais no mês de julho; registra Caged

Este é o melhor resultado de geração de empregos com carteira assinada obtido no mês de julho. Segundo Caged, este dado é destaque dos últimos oito anos. Mas, o número de demissões também foi significativo.

Brasil volta a gerar emprego formal e libera 131 mil vagas no mês de julho (Fonte:Google)
Brasil volta a gerar emprego formal e libera 131 mil vagas no mês de julho (Fonte:Google)

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam que em julho foram 131.010 vagas de emprego geradas no Brasil. Ao todo, nesse último mês, o número de contratações foi de 1.043.650.

Esse número é importante porque o Brasil estava registrando queda na geração de empregos nos 4 meses anteriores a julho.

Empregos com carteira assinada de 2012 para 2020

2012 foi o ano que teve o melhor saldo de empregos no mês de julho. No entanto, com essa crescente que houve no último mês, 2020 se destacou.

Em julho de 2012 o número de trabalhadores com carteira assinadas foi de 142.496. Enquanto isso, em 2020 somamos 1.043.650 empregos formais.

Para Paulo Guedes, ministro da Economia, essa crescente do último mês mostra que o PIB brasileiro não irá fechar com uma baixa tão grande quanto imaginavam.

Demissões superam

O número de contratações subiu muito no último mês. Mas, o número de demissões ainda é maior, já que como consequência da pandemia teve o fechamento de muitas empresas.

Para, Bruno Bianco, secretário especial de Previdência e Trabalho, o Brasil apresentou esse aumento no número de empregos graças às medidas que o Governo tomou para auxiliar os empresários.

Por meio do programa Vamos Vencer, então ofereceu linhas de crédito com juros mais baixos. Também surgiu a possibilidade do adiantamento de férias ou férias coletivas, financiamento de até 2 meses dos salários dos funcionários.

Leia mais: IBGE afirma: Brasil perdeu 1,9 mi de trabalhadores informais e desemprego tem alta de 20,9%

O Governo também criou o auxílio emergencial que acaba de ser prorrogado e ainda visa substituir o atual Bolsa Família com o novo projeto conhecido como Renda Brasil. Programa esse, que atenderá mais famílias e já se espera que o valor disponível seja maior.

A pesquisa do Caged do Ministério do Trabalho ainda mostra que a indústria foi o setor que mais gerou emprego em julho e apresenta o ranking com os seguintes valores:

  • Indústria 53.590;
  • Construção 41.986;
  • Comércio 28.383;
  • Agropecuária 23. 027;
  • Serviços: queda de 15.948.
Facebook Comments

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora do jornal O Norte.