Calendário Bolsa Família 2021: Governo anuncia datas de pagamento de acordo com NIS

O governo federal liberou o calendário de pagamento dos beneficiários do Bolsa Família 2021. Os primeiros depósitos do ano vão acontecer entre os dias 20 e 31 de janeiro, conforme o final do Número de Identificação Social (NIS).

Calendário Bolsa Família 2021: Governo anuncia datas de pagamento de acordo com NIS
Calendário Bolsa Família 2021: Governo anuncia datas de pagamento de acordo com NIS (Imagem: Reprodução / Jornal O Norte)

Calendário Bolsa Família

Veja abaixo a data de pagamento do seu benefício de acordo com o final do seu NIS:

  • Número final 1: pagamento dia 20 de janeiro;
  • Número final 2: pagamento dia 21 de janeiro;
  • Final 3: pagamento dia 22 de janeiro;
  • Número final 4: pagamento dia 23 de janeiro;
  • Número final 5: pagamento dia 24 de janeiro;
  • Final 6: pagamento dia 27 de janeiro;
  • Número final 7: pagamento dia 28 de janeiro;
  • Número final 8: pagamento dia 29 de janeiro;
  • Final 9: pagamento dia 30 de janeiro;
  • Enfim, número final 0: pagamento dia 31 de janeiro.

Leia Mais: NOVO banco digital da CAIXA vai pagar Bolsa Família, FGTS e mais benefícios; conheça

Poupança Social Digital

Uma novidade do programa em 2021 é o pagamento do benefício por meio de uma poupança digital. Com essa ferramenta é possível acompanhar todas as mudanças que ocorrer em seu benefício social.

Conforme publicação feita pelo Diário Oficial da União, pela poupança digital será possível mudar o calendário do Bolsa Família, as datas e depósito do benefício nos próximos anos.

O primeiro pagamento feita pela poupança digital foi em dezembro de 2020, seguindo a ordem final do Número de Identificação Social (NIS) de final 9 e 0. Entretanto, o pagamento para todos os beneficiários nessa ferramenta serão de forma gradual. Veja o calendário abaixo:

  • Dezembro de 2020: beneficiários com NIS finais 0 e 9;
  • Janeiro de 2021: beneficiários com NIS finais 6, 7 e 8;
  • Fevereiro de 2021: beneficiários com NIS finais 3, 4 e 5;
  • Março de 2021: beneficiários com NIS finais 1 e 2, e GPTE (Grupos Populacionais Tradicionais Específicos, que incluem indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua).

Leia mais: Auxílio emergencial: Confira DEZ datas de pagamentos para 2021

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. Para participar é preciso seguir os requisitos abaixo:

  • Inclusão da família, pela prefeitura, no Cadastro Único dos Programas Sociais do ​Governo Federal;
  • Seleção pelo Ministério da Cidadania;
  • No caso de existência de gestantes, o comparecimento às consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Participação em atividades educativas ofertadas pelo MS sobre aleitamento materno e alimentação saudável, no caso de inclusão de nutrizes (mães que amamentam);
  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos​.

Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes – SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a redação do Jornal O Norte.