Ceará libera eventos com até 200 pessoas e novo horário de restaurantes

O governo do Ceará libera eventos com até 200 pessoas e novo horário de restaurantes. As novas medidas fazem parte do planejamento de controle da propagação do coronavírus no território. O estado segue avançando com a vacinação e também com as medidas de isolamento social.

Ceará libera eventos com até 200 pessoas e novo horário de restaurantes
Ceará libera eventos com até 200 pessoas e novo horário de restaurantes (Imagem: Reprodução Google)

Em razão da pandemia da Covid-19, diversas regras com medidas de isolamento social estão sendo decretadas nos estados brasileiros. No estado do Ceará, começa a valer a partir desta segunda (26\07) novas regras. 

O pronunciamento foi feito na última sexta-feira (23) pelo governo do estado, e agora as principais medidas são direcionadas para ampliação de horários de funcionamento de bares e restaurantes. 

Algumas alterações são:

  • Restaurantes estão autorizados a funcionar até às 23h todos os dias;
  • Eventos em ambientes fechados: 100 pessoas;
  • Barracas e lanchonetes de praia passam a funcionar a partir das 8h;
  • Reabertura dos teatros da cidade;
  • Eventos em ambientes abertos: liberados para até 200 pessoas.

Todas as medidas devem seguir rigorosamente os protocolos de segurança sanitária para evitar a propagação do vírus.

O governante do estado Camilo Santana, deixa válido o atual decreto até o próximo domingo (08/08), e é provável que ele faça outro pronunciamento sobre as possíveis flexibilizações.

As medidas são tomadas para proteger a população de uma nova onda, que poderia atrasar ainda mais o processo de imunização dos cidadãos brasileiros. Atualmente, algumas barreiras foram instaladas no Aeroporto de Fortaleza, como forma de mapear os estrangeiros.

Leia também: Recife libera vacinação contra COVID-19 para pessoas a partir dos 31 anos

Variante delta e a imunização

Atualmente, o maior motivo de preocupação dos governantes com a saúde coletiva, é a variante delta. A nova mutação do vírus da Covid-19 vem causando mais problemas e adoecendo mais pessoas, mesmo com a aceleração da vacinação. 

O titular da Saúde Estadual do Ceará (SESA), Dr. Cabeto afirma que essa é a maior dificuldade no momento. Recentemente, foi confirmado através de pesquisas que pelo menos nove estados brasileiros tiveram casos confirmados da variante delta. 

A linhagem delta traz mutações no vírus e os sintomas podem ser mais potentes do que o normal. Agora, a capital cearense Fortaleza, começou a agendar adultos nascidos a partir de 1994, sem comorbidades prioritárias. Nesta segunda-feira (26), pessoas da faixa etária determinada, já podem receber a primeira dose do imunizante. 

Porém, mesmo com algumas flexibilizações, o governo do Ceará deve manter restrições para conter a propagação da Covid-19 e também da variante delta. Algumas delas são:

  • Aglomerações no geral, seguem proibidas em todo estado;
  • Toque de recolher: mantém de segunda a domingo, de 0h às 5h;
  • Continua proibido a realização de quaisquer eventos: abertos ou com público fechado, bem como celebrações como casamentos, aniversários e similares.

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.