Conta de água em Pernambuco AUMENTA a partir de janeiro; entenda o motivo

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) vai aumentar em 2,4% a conta de água no estado de Pernambuco. O reajuste equivale ao meses de julho de 2019 a julho de 2020. O aumento deveria ter acontecido em agosto de 2020, no entanto, por causa da pandemia do novo coronavírus, ele foi adiado.

Conta de água em Pernambuco AUMENTA a partir de janeiro; entenda o motivo
Conta de água em Pernambuco AUMENTA a partir de janeiro; entenda o motivo (Imagem: Fábio Japa/Folha PE)

Conforme declarou a Compesa, “o adiamento do reajuste esteve em alinhamento às medidas para enfrentamento do novo coronavírus, com o objetivo de mitigar aumento dos custos para seus usuários durante a fase crítica”.

E mesmo sem o fim da pandemia, a companhia explicou que a mudança acontece “em conformidade coma Lei Federal 11.445/2007, que estabelece que os reajustes de tarifas de serviços públicos de saneamento básico sejam realizados no intervalo mínimo de 12 meses, de acordo com a variação da inflação”.

Leia mais: CNH Digital: Saiba como pagar multas com até 40% de DESCONTO

Aumento da conta de água em Pernambuco

O último reajuste feito pela companhia foi em agosto de 2019. Nesse aumento a tarifa subiu 6,72% para todas as categorias de cliente. O aumento deste ano de 2021 para 2,4%, terá um acréscimo de R$ 1,05 na conta dos clientes convencionais. Por exemplo, os clientes que pagavam R$ 44,08 no consumo de até dez milímetros cúbicos de água por mês passaram a pagar R$ 45,14.

Os clientes da tarifa social terão um aumento de R$ 0,22 centavos em sua conta de água. Àqueles que pagam R$ 9,22 pagarão R$ 9,45, por exemplo.

Balanço geral

No primeiro trimestre de 2020, a Compesa fez um balanço e apresentou um lucro líquido de R$ 153,5 milhões. Já nos meses de janeiro a setembro de 2019, o lucro foi de R$ 158,6 milhões, ou seja, comparado ao ano passado houve uma redução de 3,2% dos lucros.

Leia mais: INSS: Como solicitar aposentadoria pela internet em 2021? Passo a passo completo!

A água em função da transposição do Rio São Francisco também terá aumento. A cobrança começará a ser feita em junho de 2021, e água do rio pode custar R$ 0,73 centavos por metro cúbico aos pernambucanos. A conta de água dos pernambucanos terá um impacto de 2% ao mês.

A Companhia Compesa presta serviço de abastecimento de água e coleta de esgoto em 173 dos 184 municípios do Estado, além do distrito de Fernando de Noronha

Isabela Veríssimo

Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se ao Jornal O Norte.