Em Alagoas, 2,2 milhões de eleitores estão aptos a votar nas Eleições 2020

Um levantamento divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou que 2.219.318 eleitores estão aptos a votar nas Eleições 2020 no Estado de Alagoas. Desse total, 592.388 são de Maceió, capital do Estado.

Em Alagoas, 2,2 milhões de eleitores estão aptos a votar nas Eleições 2020
Em Alagoas, 2,2 milhões de eleitores estão aptos a votar nas Eleições 2020.

Se comparado com as eleições municipais de 2016, houve um aumento de 3,39%, quando 2.146.520 pessoas estavam aptas para a escolha dos ocupantes para cargo de prefeito e vereador.

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou ainda que Arapiraca, segundo município com maior número de habitante de Alagoas tem 143.187 pessoas que podem participar das eleições municipais. Já o município com menos eleitores é Pindoba, com 2.581 aptos ao voto.

No Brasil, segundo o TSE, houve um acréscimo de 2,66% em relação às eleições de 2016, quando 144.088.912 estavam aptos a votar. O levantamento não leva em conta eleitores do Distrito Federal, Fernando de Noronha e brasileiros que moram no exterior.

Leia mais: Eleições 2020: Conheça Daniel Sampaio, o médico pré-candidato a prefeito de Mossoró

Ceará possui 6,5 milhões de eleitores aptos ao voto

Segundo o TSE, outro estado do Nordeste que possui grande quantidade de eleitores aptos é o Ceará, com 6.567.760 eleitores que podem votar no pleito municipal e que vão eleger novos prefeitos e vereadores. Esse número representa 4,44% dos eleitores brasileiros. Fortaleza concentra a maior parte dos eleitores, com 1.821.382.

Os dados apontam que houve um aumento de 2,66% na capital, em relação às eleições municipais, quando 144.088.912 pessoas estavam aptas para a escolha de seus representantes políticos.

O estado que apresenta maior número de eleitores, conforme divulgou o TSE, é São Paulo, com mais de 33 milhões. Já o município com menor número de votantes é Araguainha, no Mato Grosso.

Covid-19 provoca alterações nas eleições deste ano

Vale lembrar que as eleições municipais deste ano foram adiadas para novembro, devido ao surto do novo coronavírus.

O pleito que aconteceria em outubro foi transferido para 15 (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno). Outra mudança determinada devido ao Covid-19 diz respeito a biometria, que não será cobrada para evitar o risco de contaminação entre eleitores e profissionais que irão atuar nas eleições 2020.

Saiba mais aqui.

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments