Novo calendário do Auxílio Emergencial é divulgado; veja as datas de pagamento

O calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial voltado a novos aprovados foi divulgado pelo Ministério da Cidadania. As datas também contemplam pessoas que tiveram o pagamento reavaliado. O total de beneficiados chega a 1,15 milhão de pessoas, acumulando 66,2 milhões de brasileiros aprovados desde o início do programa.

Novo calendário do Auxílio Emergencial é divulgado; veja as datas de pagamento
Novo calendário do Auxílio Emergencial é divulgado; veja as datas de pagamento. (Imagem: Google)

O novo calendário inclui 805 mil beneficiários que contestaram a negação do auxílio por meio da plataforma digital entre 24 de abril e 19 de julho e receberam aprovação. Também contempla mais 345 mil pessoas que receberam a primeira parcela em abril e tiveram o pagamento reavaliado em julho, por conta de atualizações cadastrais.

Como ficou o calendário do Auxílio

Os beneficiários incluídos no programa vão receber os pagamentos em conta poupança digital da Caixa. Desta forma, o dinheiro pode ser usado para o pagamento de contas e boletos, bem como realização de compras com cartão de débito virtual ou QR code. Confira o cronograma.

  • 5 de agosto – nascidos de janeiro a maio
  • 7 de agosto – nascidos em junho
  • 12 de agosto – nascidos em julho
  • 14 de agosto – nascidos em agosto
  • 17 de agosto – nascidos em setembro
  • 19 de agosto – nascidos em outubro
  • 21 de agosto – nascidos em novembro
  • 26 de agosto – nascidos em dezembro

A liberação para saques e transferências deve seguir o calendário de escalonamento começando em 8 de agosto até 17 de setembro. As datas podem ser acessadas pelo site do banco.

Leia mais: Com o auxílio emergencial, renda do trabalhador brasileiro sobe 24%.

Os trabalhadores que tiveram o benefício inicialmente negado, mas recorreram e foram considerados elegíveis também entram no sexto lote de aprovados. Os pagamentos também seguirão um calendário escalonado.

A primeira parcela será paga entre 5 e 26 de agosto, a segunda entre 28 de agosto e 30 de setembro, a terceira entre 9 de outubro e 13 de novembro e as duas últimas entre 16 e 30 de novembro.

Já o grupo que recebeu a primeiro pagamento em abril, mas teve o benefício suspenso vai receber da seguinte forma: parcelas 3 e 4 do lote 1, de 5 a 26 de agosto e parcela 5 do lote 1 de 28 de agosto a 30 de setembro. O auxílio emergencial é destinado a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e desempregados.

Facebook Comments

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.