Pandemia é assunto do Enem 2020? Saiba como o tema pode ser cobrado na prova

Com a aproximação da realização do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio), que será aplicado no próximo ano, muitos começam a pensar sobre os assuntos que podem ser cobrados na prova. Por conta da pandemia do novo coronavírus e todos os termos trazidos com o vírus ao noticiários, como vacinas, imunização da população e gráficos com número de mortes, especula-se se o tema será assunto no exame. Fato é que pandemias podem até surgir entre as questões, mas não diretamente sobre a Covid-19.

Pandemia é assunto do Enem 2020? Saiba como o tema pode ser cobrado na prova
Pandemia é assunto do Enem 2020? Saiba como o tema pode ser cobrado na prova (Imagem: Reprodução/G1)

De acordo com o gerente de projetos pedagógicos do Sistema pH, André Freitas, podem aparecer questões ligadas à pandemias mais antigas ou ao calendário de imunização como vacinas contra o sarampo.

Leia mais: Sem nota do Enem 2020, como fazer a inscrição no SISU ou ProUni 2021?

Ele explica que a prova é elaborada a partir de questões que foram testadas previamente para compor o Banco Nacional de Itens, o que leva tempo. Essa ação pode ter ficado comprometido com o fechamento das escolas.

“A prova não é elaborada da maneira que a gente imagina, como uma prova de escola”, explicou André Freitas, em entrevista ao G1, destacando que o assunto por trás da questão será outro, como probabilidade.

Saiba como o assunto pandemia pode ser abordado

Segundo afirmou Freitas ao portal, a prova pode apresentar uma discussão sobre a transmissão do vírus e como isso virou pandemia.

“A pandemia tem essa coisa intercontinental, do mundo globalizado com viagens de aviões [que espalharam o vírus], a necessidade de ‘lockdown’. Como um vírus se espalha em semanas? Aconteceu com a Covid, mas antes também teve H1N1 e gripe espanhola”, refletiu.

Assuntos ligados à vacina e imunização da população também podem aparecer em atualidades mas por decorrência de outros surtos, como o Sarampo, no ano passado.

O ideal é o estudante investir no estudo da doença, e não necessariamente no número de óbitos causados pela pandemia.

Leia mais: Calendário de inscrições do ProUni e Fies foram publicados, mas e o SISU 2021? Entenda!

Veja dicas de preparação para o Enem 2020

O G1 publicou que um tema atual não significa algo que seja notícia hoje, mas pode ser algo que esteja sendo discutido na sociedade há algum tempo, como as vacinas e imunização.

É preciso identificar e analisar o assunto como um tempo, por exemplo, ao invés de decorar as vacinas existentes que estão em estudo contra o novo coronavírus, o aluno pode praticar a habilidade em calcular a probabilidade de infecção.

O Enem 2020 será aplicado nos dias 17 e 24 de janeiro (prova impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro (prova digital).

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.